A Maldição da Pedra Preta

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
A Maldição da Pedra Preta (#224)Membros
A Maldição da Pedra Preta.png
Inglês Curse of the Black Stone
Lançamento 25 de fevereiro de 2019
Dificuldade Mestre Mestre
Duração Longa
Dublada Sim
Série Série dos piratas, Contos do Arco, Série dos Dragonkin
Era Sexta Era
Equipe Mod Crow, Mod Orion, Mod Cano, Mod Desert

A Maldição da Pedra Preta é uma missão de nível mestre lançada em uma atualização escondida ao lado da terceira masmorra de elite, o Recife das Sombras. Ele apresenta o jogador viajando para várias ilhas no Arco em busca da misteriosa "Aranha de Jade", e se aventurando nas profundezas do Templo de Aminishi, Laboratório dos Dragonkin e do Recife das Sombras.

Informações sobre a missão
Início A Maldição da Pedra Preta ícone.png     Ícone de missão mapa.png Fale com Bryll Thoksdottir em Kalaboss.
Membros    Somente para membros
Duração    Longa
Requisitos
   Missão.png Missões necessárias
  • 32 Agilidade Agilidade
  • 34 Corte de lenha Corte de Lenha

Os seguintes não são necessários para começar a missão, mas devem ser feitos para completá-la:

Para compreensão completa da história, não é necessário, mas recomendado, completar as seguintes missões:

   Missão.png Missões necessárias
Objetos
Itens do porta-ferramentas não estão listados a não ser que não funcionem ou
não sejam automaticamente adicionados.
Inimigos
  • Inimigos dentro do Templo de Aminishi (se já não foi feito pelo menos uma vez antes)
  • Inimigos dentro do Laboratório dos Dragonkin (se já não foi feito pelo menos uma vez antes)
  • Inimigos dentro do Recife das Sombras (se já não foi feito pelo menos uma vez antes)
  • 12 guerreiros crassianos e escuteiros crassianos

Passo-a-passo[editar | editar código-fonte]

Começando[editar | editar código-fonte]

Bryll Thoksdottir cabeça.png

Comece a missão falando com Bryll Thoksdottir perto do comerciante de recompensas em Kalaboss. Ela explica que sinais de algo apocalipticamente grande foram encontrados por uma rede de informantes. Seu misterioso informante, "Aranha de Jade", é um residente do Arco, e ela tem conversado com eles por cartas e gaivotas-mensageiras. Ela encarrega você de localizá-lo e, para isso, você deve primeiro viajar para Waiko.

Encontrando a Aranha de Jade[editar | editar código-fonte]

Vá para Waiko em busca de pistas sobre o paradeiro da informante. Na ilha, vá para o sul e fale com Zhuka, que direciona o jogador para a Boca da Baleia. Lá, você deve localizar um aldeão que sabe algo sobre o paradeiro da informante. Fale com a Bruxa do mar Kaula, na parte noroeste da ilha, que explica que a Aranha de Jade passou uma mensagem a você, que está enterrada em um local próximo. Cave na pilha de areia mais a oeste da ilha, próxima ao barco, e você descobrirá um túnel com rastros de tartaruga na entrada. Há pedaços de papel na entrada, indicando que a mensagem deixada para você foi roubada por uma Tortaruga. Cave todas as pilhas de areia próximas das tortarugas, e após algum diálogo, verifique a tortaruga próxima (a que tem uma mensagem de interagir com o botão esquerdo) para conseguir a mensagem.

A nota explica que há uma infecção se alastrando pelo Arco, sob a forma de um culto sinistro, e que a Aranha de Jade passou sua localização para um amigo de confiança. Você deve encontrar esse amigo e lhes dizer o código "A ostra foi aberta" para que ele saiba que é você. A nota termina avisando ao jogador que o amigo se encontra em Tuai Leit.

É revelado que o tal amigo é o Sensei Lobo-do-mar, que lhe diz para encontrar a Aranha de Jade em Goshima. Ao selecionar a ilha, uma mensagem aparecerá sobre a busca da Aranha. Quando chegar em Goshima, mate todos os Crústeos. Após 12 abates, você escutará um barulho vindo dos portões da ilha.

O Templo de Aminishi[editar | editar código-fonte]

Fale com a Madame Shih na casa leste, dentro dos muros de Goshima, e ela revelará que é a Aranha de Jade. Ela orienta o jogador a explorar o Templo de Aminishi e aprender os seus segredos. Para progredir na missão, você deverá completar a atividade do Templo em qualquer modo. Se você já tiver completado o Templo antes, terá uma opção de pular essa parte da missão.

Encontrando o especialista Dragonkin[editar | editar código-fonte]

Vá até o Museu de Varrock e desça até o porão. Atrás das escadas, há uma porta que leva até o Sr. Mordaut. Fale com ele e lhe mostre a tabuleta dragonkin. Ele lhe dirá para ir até Kalaboss. Teleporte-se para lá, munido de um dragolito bruto, e corra para o sul, em direção a uma fonte em formato de peixe. Vasculhe a lareira a leste, nas ruínas. Você receberá a metade esquerda de uma gema esculpida. use-a na estátua, e após um diálogo, esculpa o seu dragolito bruto para criar a metade direita. use esse dragolito na estátua, vá para oeste em direção às escadas, e então desça até a torre de vigia em escombros, que o jogador descobrirá ser o laboratório de Kerapac.

Quando entrar na masmorra, vá para o oeste e fale com Hannibus. Ele lhe dará a segunda metade da tabuleta., explicando que é apenas uma representação rudimentar da linguagem dos dragões. Ele menciona algo sobre "onde os dragões blindados são feitos", mas não sabe de mais nada. Vá até a Masmorra de Adamantio de Brimhaven, acessível através da Masmorra de Brimhaven. Lá dentro, você encontrará Hannibus, horrorizado com a quantidade de corpos dentro da masmorra.

Procurando por pistas[editar | editar código-fonte]

Há muitos objetos para se investigar nas salas ao redor. Hannibus lhe dará dicas do que fazer a seguir, caso fale com ele. O pedaço da cifra poderá ser encontrado ao vasculhar a boca da forja de mithril na sala leste da masmorra, mas para isso ela deverá ser aquecida. Para fazer isso, Hannibus ajudará o jogador a falar com o Dragão de adamantio na sala mais a oeste; o único sobrevivente desse suposto ataque. Diga a ela que os seus filhotes precisam de calor, ela instantaneamente soprará fogo nos ovos, o que também aquece a peça da cifra.

Com uma corda, vá aos fossos a norte da escada, e utilize a cifra neles para torná-la quebradiça. Então, use a cifra na cabeça no meio da sala para quebrá-la. Isso deixará Hannibus a traduzir.

De volta ao laboratório de Kerapac[editar | editar código-fonte]

A cifra sugere que o jogador retorne ao laboratório de Kerapac, onde ele deverá procurar pistas.

Abra a porta no centro da primeira sala da masmorra e investigue prateleira com efígies. O jogador precisa ativar a combinação certa de estátuas Dragonkin para passar através do mesmo portal que Kerapac. Para resolver o quebra-cabeças e liberar os 4 portais é preciso ativar as estátuas de Dragonkin.

1. Estátua no centro da sala sudeste; 2. Está na mesma sala da anterior, mas próxima a porta de entrada; 3. Siga para a sala localizada a oeste e ative a estátua; 4. Vá para a sala ao norte da 3 e depois para a sala oeste, ative a estátua.

O jogador deve entrar no portal vai aparecer na sala mais ao norte. Após entrar no portal vai acontecer uma cena, quando acabar fale com Kerapac e mostre a tabuleta e ele ira falar sobre a próxima localização: o Laboratório dos Dragonkins.

O Laboratório dos Dragonkins[editar | editar código-fonte]

Volte a falar com Bryll em Kalaboss e informe o que descobriu. O jogador deve completar o Laboratório dos Dragonkin (no modo normal ou história), entretanto, se já o tiver feito, vai aparecer uma opção de pular essa parte. Continue falando com Bryll que pedirá ao jogador que retorne a Madame Shih em Goshima e conte o que descobriu.

O Embaixador[editar | editar código-fonte]

Quando o jogador chegar em Goshima vai ver uma cena, o embaixador vai matar toda a tripulação de Shih, que vai querer vingar as mortes. Volte para Kalaboss e fale com Bryll, você será levado para o cais a leste para discutir um plano para matar o Embaixador no Recife das Sombras.

Este artigo está em construção Este artigo ou seção encontra-se em construção.
As informações contidas aqui podem não ser completamente precisas ou completas. Ajude-nos fazendo ele crescer!

Recompensas[editar | editar código-fonte]