Bolrie

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Carregando...
JovemPrisioneiroResgatado
Bolrie cabeça prisioneiro.png

Bolrie é um gnomo lendário visto em uma cena durante a missão A Trilha de Glouphrie e é o principal do enredo na missão O Prisioneiro de Glouphrie, no qual o jogador e a filha de Bolrie (Golrana) o resgatam de Arposandra. Seu descendente é Golrie. Ele tem bastante interesse em artefatos élficos e mágicos.


História[editar | editar código-fonte]

Bolrie já foi rei da Aldeia dos Gnomos Arborícolas, no final da Quarta Era. Após a morte do rei Healthorg, Bolrie fez campanha para ser o novo rei do Forte dos Gnomos Arborícolas contra o filho de Healthorg, Argenthorg. Durante a campanha, Bolrie permitiu que seu consultor colocasse ilusões de comida humana na mesa de jantar de Argenthorg. Bolrie então confrontou Argenthorg, alegando que ele preferia humanos a gnomos e estava tentando desacreditá-lo. Argenthorg entrou em pânico e ordenou que Yewnock ativasse seu dispositivo anti-ilusão, que revelou que o conselheiro de Bolrie era Glouphrie. Uma vez que Glouphrie foi revelado, Bolrie foi acusado de ser seu cúmplice e ficou bastante envergonhado. Bolrie foi retirado de ser candidato a rei e deixou as terras dos gnomos.

Determinado a se vingar de Glouphrie, ele foi para o oeste em busca de Arposandra. Ele foi ferido nas montanhas, mas os elfos de Lletya o resgataram e lhe deram uma caverna para viver e estudar. Por anos, ele experimentou dispositivos para dissipar ilusões na esperança de descobrir a entrada oculta de Arposandra, até que ele foi pego. e mantido prisioneiro lá.

Atividades Recentes[editar | editar código-fonte]

Bolrie desapareceu por séculos e foi dado por muitos como morto até recentemente. Ele viveu em Lletya por muitos anos estudando ilusões, cristais e luzes coloridas antes de ser preso em Arposandra. Depois de descobrir uma carta perdida há muito tempo para sua esposa, Gena, o jogador e a filha de Bolrie, Golrana, viajam para o oeste e, usando seus desenhos, conseguem construir um dispositivo anti-ilusão para revelar a localização de Arposandra e resgatá-lo. Depois de quase serem descobertos, eles voam para a Aldeia dos Gnomos Arborícolas, onde ele vive atualmente.