Covil do grutoverme

De RuneScape Wiki
(Redirecionado de Covil do Grutoverme)
Ir para: navegação, pesquisa
Covil do grutovermeF2P ícone.png
Covil do grutoverme entrada.png
Inglês Grotworm Lair
Lançamento 22 de maio de 2012
Reino Asgarnia
Música Caça aos Dragões

Barriga da Fera

Monstro[?] Dragoa Negra Rainha (nível 900)
Missões Canto das Profundezas ícone.png Canto das Profundezas

O Último dos Cavaleiros ícone.png O Último dos Cavaleiros

Andares Nenhum
Habitantes Grutovermes
Covil do grutoverme mapa.png

O Covil do grutoverme é uma rede de cavernas localizadas ao noroeste da magnetita de Porto Sarim. O covil possui três níveis e uma elevação de terreno descendente conforme a profundidade. O primeiro nível é o único disponível para jogadores de acesso gratuito, grutovermes de nível 28 vagam por ali, já o segundo consiste em grutovermes de nível 63 e no terceiro de nível 98. Todos os mestres de extermínio podem dar tarefas de grutovermes. Alguns objetos largados específicos podem ser obtidos no covil, como seta para a balestra de coral e pele de dragão real. A Dragoa Negra Rainha também reside aqui.

Para jogadores que pretendem matar grutovermes maduros ou a Dragoa Negra Rainha, existe um atalho que pode ser usado no nível 50 Agilidade. Completar a missão Canto das Profundezas permite que se teleporte para o terceiro nível diretamente através do Colar de Remora.

Não é possível instalar multicanhão dos anões nesta caverna. Ao tentar, uma mensagem é exibida no chat dizendo "O ar aqui é muito úmido para um canhão ser instalado."

Os Cavaleiros brancos enviaram Sir Rebrum para investigar o Covil, mas foi um fracasso e todos os cavaleiros enviados morreram, seus corpos estão espalhados pelo primeiro nível do Covil. Sir Rinch - o primeiro cavaleiro encontrado morto após entrar no Covil - escreveu um pequeno diário na qual chama Sir Rebrum de "irresponsável" por estar "forçando" os cavaleiros brancos a matar os grutovermes, sabendo que eles não se interessam pela luz do sol e portanto não representam ameaças a Rimmington, Porto Sarim ou a Faladore. Ao falar com Sir Rebrum, ele vai creditar o mérito de uma inexistente invasão à sua audácia em "liderar", em vez do fato descoberto de que os vermes temem a luz do sol.

Morrer dentro do Covil fará sua lápide aparecer do lado de fora.

Monstros[editar | editar código-fonte]

Cadáveres dos Cavaleiros Brancos[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Histórico de Atualizações[editar | editar código-fonte]

O projeto do histórico de atualizações é um trabalho em andamento. Para mais informações clique aqui.
ninja 9 de outubro de 2017 :
  • O primeiro nível do Covil do grutoverme agora está disponível para jogadores de acesso gratuito. O texto apresentado foi lançado no site do RuneScape antes de 2009, ano de lançamento do site em Português do Brasil, então uma tradução oficial não existe. A tradução dele foi feita livremente.
    ninja 5 de janeiro de 2015 :
  • As opções no atalho de agilidade que leva à Dragoa Negra Rainha. O texto apresentado foi lançado no site do RuneScape antes de 2009, ano de lançamento do site em Português do Brasil, então uma tradução oficial não existe. A tradução dele foi feita livremente.
    correção 21 de janeiro de 2014 :
  • Alguns problemas com a câmera ao entrar no Covil do grutoverme foram corrigidos. O texto apresentado foi lançado no site do RuneScape antes de 2009, ano de lançamento do site em Português do Brasil, então uma tradução oficial não existe. A tradução dele foi feita livremente.
    atualização 22 de maio de 2012 :
  • Adicionado ao jogo.

  • Curiosidades[editar | editar código-fonte]

    • Os grutovermes são parasitas que desde o início de sua existência vem devorando partes da Dragoa Negra Rainha de dentro para fora; isso explica porque eles largam pele de dragão real quando morrem.
    • No nível mais fundo do Covil do grutoverme, há uma imagem de um símbolo Dragonkin. Abaixo, um conjunto de escadas espirais que levam mais abaixo ainda. As escadas ficaram inacessíveis até o lançamento da missão Boas-vindas ao Herói. Durante a missão, o jogador fica sabendo da existência das escadas, agora desobstruídas por Tarshak. Ao descer, o jogador é levado ao laboratório oculto de um Dragonkin da facção Dactyl. O local pode ser visitado após a missão, mas seu habitante não está mais presente.