Diário do Magistrado nº 4

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Diário do Magistrado nº 4Membros
Diário do Magistrado nº 4.png
Inglês The Magister's Journal #4
Lançamento 3 de julho de 2017
De missão Não
Negociável Não
Equipável Não
Acumulável Mochila ícone.png Não
Desmontável Não
Valor 1 moeda
Alquimia Não é possível usar alquimia.
Destruir Você pode recuperar isso da estante de sua casa.
Em Morte Sempre é perdido
Peso Peso 1 kg
Diário do Magistrado nº 4 detalhe.png

O Diário do Magistrado nº 4 é um dos cinco diários largados pelo Magistrado e outros monstros na Masmorra de Extermínio de Sophanem. Os jogadores não precisam estar em uma tarefa de extermínio para obter este diário. Obter e ler este periódico é um requisito para a Capa do Mestre Aventureiro.

Transcrição[editar | editar código-fonte]

Este lugar me fascina ainda mais. As pessoas daqui até conhecem o gênio em ação aqui? Os avanços que este lugar representa?

Há máquinas aqui, enterradas profundamente nas masmorras subterrâneas; máquinas que podem aproveitar e manipular a alma de uma pessoa enquanto ainda vivem.

Existem outros que estudaram como eu? Há outros com a visão necessária para superar as restrições éticas dogmáticas e forçar este mundo a um futuro novo e mais brilhante?

Possivelmente.

Mas tem mais. Eu senti isso. Ali reside uma alma de tremendo poder, uma alma claramente divina por natureza, mas não é completa. É dividido em várias partes, muitas das quais se transformaram em entidades singulares.

Uma alma que se tornou muitas.

Imagine! Imagine o que poderíamos conseguir com uma coisa dessas. Uma única pessoa pode se tornar um exército ou um reino. Eles poderiam criar várias versões de si mesmos com os quais buscariam mais experiências e, com isso, se tornariam cada vez mais poderosos. Alguém poderia pegar essas partes e combiná-las novamente, para se tornar algo maior do que a soma daquelas partes. Um Deus! Um nascido não de flertes com artefatos antigos, mas um que realmente merece o apelido.

Um deus que ganhou seu lugar entre as estrelas.

Imagine.

Isso eu preciso investigar mais!