Festival de Socos e Repolhos

De RuneScape Wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Curativos (Punho de Guthix).png
Isto é um minijogo seguro.
Se você morrer, você não perderá os seus itens.
Este artigo está em construção
Este artigo ou seção encontra-se em construção.
As informações contidas aqui podem não ser precisas ou completas. Ajude-nos fazendo ele crescer!
Festival de Socos e Repolhos
Festival de Socos e Repolhos.png
Inglês Cabbage Facepunch Bonanza
Membros F2P ícone.png Não
Lançamento 14 de abril de 2014
Local Gruta dos Gamers
Teleporte Colar de Jogos
Outros
Banco ícone mapa.pngAltar ícone mapa.pngObelisco ícone mapa.png
Por favor, adicione um mapa!
Festival de Socos e Repolhos ícone.png

O Festival de Socos e Repolhos é um minijogo onde o jogador deve evitar gorilas agressivos e objetos perigosos enquanto coleta repolhos.

Esse minijogo começou como sendo o evento de primavera de 2014, no qual o deus dos repolhos, Brássica Prima, e a deusa dos macacos, Marimbo, fizeram um torneio no que sobrou do acampamento de Saradomin depois da Batalha de Lumbridge. Holstein, emissário dos Descrentes também fez uma aparição no evento, buscando desfazer o dito concurso. Os jogadores puderam se alinhar à facção escolhida para aumentar sua pontuação enquanto ganhavam pontos de renome no minijogo. Após duas semanas, Brássica Prime foi declarado o vencedor do torneio, e o minijogo permaneceu acessível em Lumbridge até ser realocado para a Gruta dos Gamers, onde está até hoje.

Localização[editar | editar código-fonte]

O Festival de Socos e Repolhos está localizado na Gruta dos Gamers, logo ao norte de Faladore. Fica na parte nordeste da gruta, ao norte do portal da Guerra de clãs. O colar de jogos teleporta para a gruta; além deste, o anel de duelos teleporta para o portal de Punho de Guthix, por onde o jogador deve sair pelo portal roxo, e logo estará próximo à arena do minijogo.

História[editar | editar código-fonte]

Brássica Prima, deus dos repolhos e das delícias

No primeiro ano da Sexta Era, Saradomin e Zamorak voltaram a Guilenor e lutaram na Batalha de Lumbridge, depois o mahjarrat Sliske anunciou o seu desafio lançado entre os deuses pela Pedra de Jas, onde Armadyl matou o deus Bandos durante uma batalha conhecida como O Pássaro e a Fera.

Os deuses Brassica Prima e Marimbo viram todas essas batalhas e decidiram que queriam brigam também, e algum tempo depois, Marimbo despencou do céu perto de uma fazenda de repolhos em Porto Sarim com Brassica nas mãos, assustando um fazendeiro que estava por ali. Brassica então declarou que "a devoção do fazendeiro ao seu povo (Brassicanos) foi notada" e que "ele seria abençoado sobre todos os outros não-repolhos". Marimbo então falou que ele se parecia muito com um de seu povo (Gorilas) também, e ela o pegou e levou para o acampamento abandonado de Saradomin em Lumbridge para servir de sacerdote e intendente em sua batalha.

Marimbo, deusa dos primatas, do prazer e do hedonismo

Marimbo e Brassica entoaram algum cântico e o antigo pedestal de Saradomin afundou no chão, abrindo uma porta para uma masmorra que serviria como seu "campo de batalha" (embora sua disputa se assemelhasse mais a um jogo do que a uma batalha real). Marimbo viu tudo isso mais como uma festa, e Brassica viu como uma disputa de popularidade, embora ele afirmasse ter um motivo oculto que é a velha questão, o que é mais delicioso: bananas ou repolhos. Eles então delegaram ao fazendeiro-intendente a função de recrutar humanos para a disputa e oferecer recompensas àqueles que participassem.

Kara-Meir e Holstein logo chegaram para parar essa "batalha entre deuses" com um discurso de que logo todas as raças seriam libertas da influência deles. Ambos os deuses apenas riram do discurso, Brassica atirou repolhos e Marimbo atirou fezes nos dois. Kara foi se limpar e deixou o Holstein no lugar dela, pra tentar cancelar a competição, mas Brassica acreditava que ele era apenas um pobre humano despido, e Marimbo ficou flertando com ele. Depois de duas semanas, Brassica Prima saiu como vitorioso, com Marimbo em segundo lugar, e Holstein em terceiro. Cada um então voltou para oseu lugar, deixando o fazendeiro-intendente no local.