Legiones

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Legio Primus, o primeiro dos Legiones.

Os Legiones são os membros mais poderosos dos Ascendentes e são os líderes da Ordem da Ascensão. Todos eles são encontrados no Monastério da Ascensão.

Para acessá-los, é necessário que o jogador carregue uma Pedra Angular da Ascensão correspondente ao Legio que pretende matar, além de possuir o nível 95 de Extermínio Extermínio (alternativamente, possuir nível 90 de Extermínio Extermínio e comer um pedaço da torta selvagem ou nível 89 com uma torta mais selvagem) para que possa entrar em seus laboratórios. Eles podem largar os seus Selos, que são necessários para criar a Balestra da Ascensão e Balestra da Ascensão secundária, sendo necessário ter nível 90 de Combate à distância Combate à Distância para poder equipá-las.

Ao obter todos os itens exclusivos dos Legiones, o jogador desbloqueará o título Legio [Nome].

Embora os Legiones sejam projetados para um encontro individual, existe a possibilidade de enfrentá-los em dupla nos casos de tarefas de Extermínio feitas em co-op, sendo necessário apenas um jogador precisa pagar o requisito principal. No entanto, as quedas irão apenas para o jogador que causar mais dano.

História[editar | editar código-fonte]

O projeto dos Legiones.

Os Legiones foram criados em 1.890 A.G.D. (aproximadamente na Terceira Era) por Ocellus. Ocellus criou vários ascendentes objetivando fazer humanos fortes que não tivessem devoção a ninguém, mas acabou falhando. Os ascendentes nesses grupos eram violentos, insolentes ou mal orientados. Ocellus notou que os líderes que ele fez eram muito poderosos, inteligentes ou instáveis, o que resultou nele tendo que castigá-los e destruí-los com muita frequência. Ocellus teorizou que, se unissem suas mentes, eles teriam maior inteligência e pensariam como um só. Prosseguindo com essa ideia, os Legiones logo foram criados. Não se sabe quantos Legiones foram criados por Ocellus, mas sete deles estão ativos a partir da Sexta Era.

Em 1.902 A.G.D., Ocellus observou como os Legiones eram criativos com suas mentes, já que aceleravam a produção de cristal em todo o Monastério da Ascensão, considerando que era demais para o corpo de Ocellus lidar. Em algum momento em 2.167 A.G.D. (Quinta Era), Ocellus encontrou os Legiones liderando uma oração para Guthix. Ocellus tentou castigá-los, mas os Legiones resistiram. Mais tarde, ele explicou aos Legiones que o que eles cometeram um erro e que aquilo não era o que Guthix teria desejado. Parecia não haver mais incidentes depois, sugerindo que os Legiones entenderam os desejos de Guthix.

Durante 2.169 A.G.D. (início da Sexta Era), os Legiones perceberam que Guthix foi morto. Eles não podiam imaginar uma vida sem Guthix e decidiram criar um Novo Guthix para venerar. Enquanto Ocellus admirava sua ambição, viu o objetivo como algo equivocado e tentou confrontar os Legiones e explicar o erro deles, sendo apenas derrotado. Dessa forma, Ocellus decidiu ficar do lado de fora do Monastério da Ascensão para evitar que qualquer Ascendente saísse.

Os Legiones atualmente residem em seus laboratórios, tentando descobrir maneiras de elevar o homem à divindade. Para alcançá-los, os jogadores devem matar seus companheiros (rorarii, gladii,capsarii ou scutarii) para obter uma Pedra da Ascensão que desbloqueará um de seus laboratórios.

Durante a Sexta Era, um dos Legiones, Legio Septimus, deixou a Ordem para conduzi-la ao seu "verdadeiro" caminho, acreditando que seus irmãos não estavam fazendo nada além de se alimentar dos cristais nas cavernas. Enquanto viajavam, eles encontraram Nômade, que propôs criar um deus próprio parecido com Guthix, então Septimus e seus aliados Ascendentes aliaram-se a Nômade para fazer com que seus planos se tornarem realidade. Durante a missão Missões A Elegia de Nômade, seus planos foram frustrados pelo Ceifador, Icthlarin, o Guardião do Mundo e os aliados que encontraram. Septimus foi capturado antes do ataque, embora tenha sido libertado ou morto, dependendo da escolha do jogador durante a missão.

Legiones[editar | editar código-fonte]

Chefes[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

Bichos de estimação[editar | editar código-fonte]

Análise dos objetos largados[editar | editar código-fonte]

Se os jogadores desejarem criar as Balestras da Ascensão, assumindo que cada selo seja obtido na 50ª morte de cada Legio, o custo é o seguinte:

Chefe Chave necessária Custo para 50 chaves (sorte média) Custo para 40 chaves (sorte boa) Custo para 30 chaves (muita sorte)
Primus Pedra Angular da Ascensão Primus.png Pedra Angular da Ascensão Primus 40 194 650 32 155 720 24 116 790
Secundus Pedra Angular da Ascensão Secundus.png Pedra Angular da Ascensão Secundus 17 378 400 13 902 720 10 427 040
Tertius Pedra Angular da Ascensão Tertius.png Pedra Angular da Ascensão Tertius 18 487 800 14 790 240 11 092 680
Quartus Pedra Angular da Ascensão Quartus.png Pedra Angular da Ascensão Quartus 15 638 750 12 511 000 9 383 250
Quintus Pedra Angular da Ascensão Quintus.png Pedra Angular da Ascensão Quintus 18 425 000 14 740 000 11 055 000
Sextus Pedra Angular da Ascensão Sextus.png Pedra Angular da Ascensão Sextus 18 139 250 14 511 400 10 883 550
Custo total 1 Balestra da Ascensão.png Balestra da Ascensão 141 453 791 115 801 021 90 148 251
Lucro 1 Balestra da Ascensão.png Balestra da Ascensão 70 232 805 95 885 575 121 538 345
Custo total 2 Balestra da Ascensão secundária.png Balestra da Ascensão secundária 140 898 127 115 245 357 89 592 587
Lucro 2 Balestra da Ascensão secundária.png Balestra da Ascensão secundária 72 570 894 98 223 664 123 876 434


Conquistas[editar | editar código-fonte]

Histórico de atualizações[editar | editar código-fonte]

O projeto do histórico de atualizações é um trabalho em andamento. Para mais informações clique aqui.
correção 11 de janeiro de 2021 (Atualização):
  • Vários chefes ao redor do RuneScape tiraram seus chapéus de Papai Noel mais uma vez.
    correção 16 de setembro de 2019 (Atualização):
  • Legiones foram adicionados ao guia de habilidade de Extermínio.
    correção 9 de maio de 2016 (Atualização):
  • O símbolo exibido nas bombas de energia dos Legiones Ascendentes agora é proporcional ao anel nas costas de onde foi disparado. O texto apresentado foi lançado no site do RuneScape antes de 2009, ano de lançamento do site em Português do Brasil, então uma tradução oficial não existe. A tradução dele foi feita livremente.
    correção 14 de março de 2016 (Atualização):
  • A contagem de abates durante as tarefas de Extermínio realizadas em cooperativo não terão sua contagem reduzida quando, ao matar os Legios, for feita em instância individual. Essa contagem só irá contar para o jogador que matou o Legio, não ao outro membro do Co-op. O texto apresentado foi lançado no site do RuneScape antes de 2009, ano de lançamento do site em Português do Brasil, então uma tradução oficial não existe. A tradução dele foi feita livremente.
    correção 21 de janeiro de 2014 (Atualização):
  • Não é mais possível gerar ao mesmo tempo dois dos mesmos Legiones. O texto apresentado foi lançado no site do RuneScape antes de 2009, ano de lançamento do site em Português do Brasil, então uma tradução oficial não existe. A tradução dele foi feita livremente.
    correção 9 de julho de 2013 (Atualização):
  • Durante as tarefas feitas em cooperativo, ambos os jogadores têm a chance de saquear um Selo se este for largado após derrotar um dos Legiones. O texto apresentado foi lançado no site do RuneScape antes de 2009, ano de lançamento do site em Português do Brasil, então uma tradução oficial não existe. A tradução dele foi feita livremente.
    correção 17 de junho de 2013 (Atualização):
  • Os Legiones no Monastério da Ascensão agora podem soltar fragmentos de Tríscele de Cristal. O texto apresentado foi lançado no site do RuneScape antes de 2009, ano de lançamento do site em Português do Brasil, então uma tradução oficial não existe. A tradução dele foi feita livremente.
    atualização 4 de junho de 2013 (Atualização):
  • Adicionado ao jogo.

  • Curiosidades[editar | editar código-fonte]

    • Embora o guia de Extermínio diga que o nível 95 de Extermínio é necessário para lutar contra os Legiones, na verdade não é necessário nível algum de Extermínio para causar danos a estes, já que os jogadores de nível inferior podem realizar tarefas em cooperativo com um jogador de nível de Extermínio necessário para acessar os Laboratórios dos Legiones, podendo, assim, causar dano aos chefes. O nível 95 de Extermínio só é necessário para abrir a porta, e se o nível de aumento passar durante a luta, o jogador ainda é capaz de causar dano aos Legiones. O nível de Extermínio mais baixo possível para atacar um Legiones é 81, que é o nível necessário para entrar no Monastério.
    • Legiones são um dos poucos monstros em RuneScape cujos ataques não são reduzidos em 50% das orações de proteção/desvio, ao invés disso, são apenas ligeiramente afetadoss por Antimagia e Desvio de Magia.
    • Por algum tempo após o lançamento do Tríscele de Cristal, os Legiones foram incapazes de largar os Fragmentos de Tríscele de Cristal, apesar de seu nível de Extermínio ser alto o suficiente para atender ao requisito. Isso logo foi corrigido em uma atualização posterior.
    • Em 1º de fevereiro de 2018, a maior contagem de mortes para esse chefe era de 41.200 mortes.
    • Legio Tertius, Qaurtus e Quintus têm símbolos em formatos de triângulos, quadrados e pentágonos, respectivamente, o número de lados dos polígonos que representam o número ordinal ao qual seus nomes se referem. O símbolo de Primus é um círculo, pois não existe um polígono de um só lado; Secundus 'é um retângulo, possivelmente por ter dois comprimentos diferentes para seus lados, e Sextus' é na forma de um X, possivelmente se referindo à letra do meio em seu nome.