Olho de Het II (minimissão)

De RuneScape Wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Olho de Het II (#231)
Inglês Eye of Het II (miniquest)
Membros P2P ícone.png Sim
Lançamento 10 de janeiro de 2022 (notícia)
Dificuldade Principiante Principiante
Duração Curta
Era Sexta Era


Olho de Het II é uma minimissão lançado em 10 de janeiro de 2022. É parte da história da Guerra das Deusas Anciãs e segue os eventos da missão Cidade de Senntisten ícone.png Cidade de Senntisten e as quatro frontes da Masmorra da Guerra das Deusas Anciãs .

Visão Geral[editar | editar código-fonte]

Primeiros passos[editar | editar código-fonte]

Fale com Icthlarin para perguntar se ele já descobriu o que aconteceu com a Arena de Duelos. Ele explica sua suspeita de que alguém tentou roubar o Olho de Het antes que ele pudesse encontrá-lo. Ele o convida a ajudar a descobrir antes de aumentar as suas dúvidas. O terremoto foi uma anomalia para o deserto e as fendas que aparecem em Olho de Het I foram um sinal de uma poderosa perturbação mágica.

Fale com a desconhecida[editar | editar código-fonte]

Localização da desconhecida

Fale com a desconhecida no nordeste do Oásis, perto das tendas. Ela explica que ela viu alguns aviansie voando sobre a área algumas horas antes do início do estrondo. A Voz da Sombra sugere que a desconhecida está mentindo. A Voz da Luz concorda, mas sugere agir naturalmente. Encerrando a conversa com a desconhecida, as vozes sugerem procurar pistas por perto.

Procure na arca[editar | editar código-fonte]

Vasculhe a arca do lado de fora da tenda com a arca do banco para encontrar algumas notas mal-escondidas contendo uma ordem de Ex Umbris Lux para "Fique de olho no cachorro e aguarde ordens posteriores". As vozes deduzem que a nota foi escrita por um zarosiano e sugerem falar com Azzanadra.

Fale com Azzanadra[editar | editar código-fonte]

Vá para a Fronte dos Glacor e fale com Azzanadra. Você tem a opção de acusá-lo de destruir a arena. Se você decidir acusá-lo, ele afirma que a carta que você encontrou é falsa e que alguém está tentando incriminar Trindine. Azzanadra o direciona para falar com os outros deuses.

Conversa com os deuses[editar | editar código-fonte]

Vá para a catedral de Senntisten e fale com Zamorak. Ele afirma não saber nada sobre a destruição da Arena e se ele quisesse prejudicar Icthlarin, ele estaria em pedaços.

Falando com Armadyl, ele mostra alguma compaixão por Ictharin e está satisfeito por ele estar ileso, embora ele não goste da ideia do Olho de Het sobrevivendo, pois ele se sente desconfortável com seu poder.

Saradomin está ciente da destruição da arena e das peças juntas que Ictharin considera que pode haver envolvimento divino. Saradomin afirma que todos os seus recursos estão ocupados nas Frontes. Saradomin mostra uma apreensão semelhante a de Armadyl com o uso do Olho de Het.

Seren sugere trazer o Olho de Het para a Catedral e ela admite ter enviado alguns batedores para a área.

Seguindo Trindine[editar | editar código-fonte]

Tentar falar com Tridine fará com que ela desapareça. Ela contorna as entradas da catedral enquanto você tenta falar com ela. (NOTA: No primeiro avistamento, é possível que ela comece em qualquer um dos locais, depois ela se move para o oeste).

Primeiro ela está a oeste perto de Nex nas escadas perto da Fronte dos Nodon. No segundo, ela está ao lado de Helwyr, logo do lado fora da porta da Catedral que dá acesso à Fronte dos Glacor. Em seguida, ela está sobre a ponte da Fronte de Croesus. Finalmente, ela se estabelece ao norte do banco, próximo a bancada do Arqueólogo do Sítio de Senntisten, na Fronte dos TzekHaar, onde o jogador pode falar com ela. Ela lamenta o quão bonita a cidade costumava ser.

Se você acusou Azzanadra de envolvimento, Trindine aponta que ela é escrupulosamente profissional com o Guardião do Mundo e não deixa pontas soltas.

Trindine faz referência à "sombra" do jogador, uma aura que alguns mortais possuem e que é mais forte do que ela esperava. Quando o personagem a resgatou do cofre em Kharid-et, ela o confundiu com um verdadeiro mestre das sombras.

Acusação[editar | editar código-fonte]

Depois de falar com Trindine, o jogador reúne os deuses e Azzanadra na catedral e acusa um deles da responsabilidade pela destruição da Arena e da tentativa de ganhar o Olho de Het.

General Khazard aparece com o Olho de Het, tendo-o roubado de Icthlarin em nome de Zamorak. Zamorak estava preocupado que Seren usasse o Olho de Het para conter os deuses e todos os que estão lutando nas Frontes em um ciclo fechado, morrendo, revivendo e lutando para sempre para manter os ovos das Deusas Anciãs fora de perigo. Seren admite que esse era realmente seu plano e os outros deuses estão consternados.

Se o General Khazard não aparecer, fale com Azzanadra novamente.

Zamorak destrói o Olho de Het, se recusa a ajudar a conter o poder dos ovos e se teletransporta para longe.

Finalizando[editar | editar código-fonte]

Volte e fale com Icthlarin e explique a ele o que aconteceu. Após a conversa, ele retorna ao submundo para se preparar para o que está por vir.

Recompensas[editar | editar código-fonte]

Olho de Het II (minimissão) recompensas.png


Necessário para completar[editar | editar código-fonte]

Olho de Het II (minimissão) não é necessária para nenhuma missão ou minimissão.

Histórico de Atualizações[editar | editar código-fonte]

O projeto do histórico de atualizações é um trabalho em andamento. Para mais informações clique aqui.
atualização 10 de janeiro de 2022 (Atualização):
  • Adicionado ao jogo.