Resenha de um crítico (artigo 1)

De RuneScape Wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Resenha de um crítico (artigo 1) detalhe.png

Resenha de um crítico (artigo 1) é uma página que pode ser obtida ao escavar no local de escavação dos Escombros da Catedral no Sítio de Escavação de Senntisten. Descobrir esta página, juntamente com as outras resenhas de um crítico, é necessário para se concluir o mistério Arqueologia - Ícone Mistérios.pngTeatro Noturno.

Obtenção[editar | editar código-fonte]

Esta é uma lista automática (atualizar). Para ver todas as fontes desse objeto, clique aqui (incluir RDT). Para ajuda, veja o FAQ.

Transcrição[editar | editar código-fonte]

O seguinte texto é transcrito de Transcrição:Resenha de um crítico (artigo 1).

Resenha de um crítico 1

Infelizmente é meu dever informar que o teatro está morto, pelo menos se tivermos que levar a sério a montagem mais recente de "Palhaçada de Uma Noite de Inverno". A peça - com atuações da Guilda dos Atores de Senntisten, como de costume - de fato merece o acrônimo do grupo, pois não passa de um monte de GÁS.

O papel principal de Robinius, o travesso demônio infernal que gosta de enganar as pessoas com contratos bobos, foi interpretado pelo humano Aleric White. Existem muitas coisas boas que eu posso dizer sobre a carreira de atuação notável do Sr. White. Algumas das suas interpretações anteriores merecem espaço entre as lendas teatrais. Infelizmente, não posso atribuir nenhuma dessas qualidades à sua busca de pedras preciosas, performance atual. O Sr. White não é tão novo quanto costumava ser, e perdeu seu vigor juvenil, charme e boa aparência. Em vez do homem sofisticado, eloquente e bonito de outrora, o Sr. White se parece mais com um embutido de meia idade de meia-calça. Sua atuação possui a graça e o estilo de uma bailarina da era da pedra, e suas falas eram tão duras que me surpreende ninguém ter tentado minerá-lo em busca de pedras preciosas.

A personagem principal foi interpretada pela eminentemente esquecível Cassandra Stropp. Embora com uma idade mais adequada para interpretar a Rainha Gargantiana - a rainha dos vampiros que discute com seu marido sobre qual humano sugar - Stropp possui a extensão emocional de uma tábua de queijos sem trazer a alegria da mesma. Ela passa pelo diálogo de Gargantiana com a petulância de um esquilo morto, e seus momentos de flerte são tão ríspidos que parecem uma ameaça de morte. Embora a morte seja uma misericórdia em vez de testemunhar tal desastre.

Ainda assim, não podemos colocar toda a culpa da montagem nos atores. Os artistas são apenas tão bons quanto o material, e o texto desta peça é criminosamente pobre. Quando mira a comédia, suas piadas soam monótonas ou são convertidas em insultos tão levemente velados que eu não me surpreenderia em ouvir que o dramaturgo desapareceu misteriosamente após o envolvimento dos pretorianos. Quando mira a tragédia, ele consegue escrevê-la de tal modo que causa risos acidentais. Não por serem piadas bem escritas, e sim pela farsa da situação colocada ante a nós.

Após ser submetido por duas horas e meia a este ataque grosseiro contra a arte teatral, o público havia se resumido a nada além de sussurros e a minha vontade de viver mal sobrevivera ao ataque.

Portanto, é com muito prazer que concedo uma estrela à "Palhaçada de Uma Noite de Inverno", e recomendo que ninguém seja submetido a esta performance novamente.

Histórico de Atualizações[editar | editar código-fonte]

O projeto do histórico de atualizações é um trabalho em andamento. Para mais informações clique aqui.
atualização 16 de agosto de 2021 (Atualização):
  • Adicionado ao jogo.

  • Predefinição:Sítio de Escavação de Senntisten