Seiryu, a Serpente Celeste

De RuneScape Wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Planos de invasão.png
Este artigo possui um guia de estratégias.
Todas as informações sobre mecânicas, equipamentos e estratégias estão na subpágina.

Seiryu é a serpente lendária adorada pela Ordem de Seiryu, encontrado nas profundezas do Templo de Aminishi. Ele é um dos quatro guardiões das Ilhas Wushanko, considerado o mais puro dentre eles por ser o espírito da água.

História[editar | editar código-fonte]

Não se sabe muito sobre sua história além de que ele foi acorrentado e preso dentro do Templo de Aminishi, e lentamente corrompido por cristais negros infundidos com o poder de Xau-Tak. Muito tempo depois, Seiryu é liberto por um grupo de aventureiros que foram explorar o tempo, e após uma conversa telepática com eles, avisa-os que pode sentir outro ser que, assim como ele, estava sendo afetado pelo mesmo poder maligno. Este outro ser é o Dragão de Pedra Preta, encontrado no Laboratório Dragonkin.

Durante a parte final do confronto contra O Embaixador, no Recife de Sombras, Seiryu faz uma aparição para auxiliar o grupo de aventureiros. Ao fazê-lo, Kranon (O Embaixador), o nocauteia com um poderoso ataque, e ao final do confronto, Seiryu volta à si e conversa com os jogadores.

A Luta[editar | editar código-fonte]

Ao contrário de outros chefes do jogo, Seiryu não pode ser diretamente derrotado. A mecânica da luta é que, quando ele atingir a marca de 7,200,000 pontos vitais, Seiryu irá ser nocauteado, permitindo que jogadores subam em suas costas para destruir os cristais que o infectam.

Durante esta parte da luta, sombras irão nascer na arena. Caso elas alcançem Seiryu, os cristais (que ainda não tiverem sido destruídos) terão seus pontos vitais regenerados. Após duas levas de sombras, o jogador será teleportado para a parte central da arena e atordoado. Ainda, Seiryu regenerará a vida para 7,500,000 novamente.

Durante o confronto, Seiryu atacará com seu bafo, ocasionalmente executando um ataque que atinge todos os jogadores com um dano máximo de 8,000. Periodicamente, também, mãos sombrias irão aparecer debaixo dos jogadores, causando dano contínuo caso eles não saiam do lugar. Ainda, exporadicamente, filas de mãos sombrias aparecerão correndo através da arena, causando danos caso o(s) jogador(es) não saia(m) do caminho.

Quando os três cristais forem destruídos, a luta acabará e Seiryu começará a conversar telepaticamente com os jogadores.

Objetos largados[editar | editar código-fonte]

O jogador receberá dois saques; um que é garantido, e outro que é um saque comum da masmorra aleatório.

100%[editar | editar código-fonte]

Seiryu larga pó de ônix, a não ser que escama antiga ou o animal de estimação seja obtido em seu lugar.

|}

  1. ^ 500 no Modo História; 5,000 no Modo Normal.
  2. ^ 4-8 são garantidas quando solo, porém essa quantidade é bastante reduzida em duplas ou trios.
  3. ^ 1/300 (solo), 1/1000 (duplas) e 1/1500 (trios); threshold de 60 para solo, 200 para duplas e 300 para trios.

Saques comuns[editar | editar código-fonte]

|}

  1. ^ Pode ser unido a uma presa de Seiryu para formar uma mizuyari.

Conquistas[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Seiryu, chamado também de Dragão Azul, é uma das quatro criaturas mitológicas das constelações chinesas.
  • Um dia após o lançamento, os pontos vitais dos cristais foram reduzidos para 150,000 e 200,000 em modo solo e duplas, respectivamente. Isso foi feito devido a reclamações de que a luta demorava demais.
  • Seiryu se assemelha a Yakamaru, no sentido de que ambos são seres de Anima e espíritos da água de seus respectivos mundos – Guilenor e Mazcab.