Tesouro do Deserto

De RuneScape Wiki
Ir para navegação Ir para pesquisar
Tesouro do Deserto (#77)
Tesouro do Deserto detalhe.png
AKA[?] TD, DT
Inglês Desert Treasure
Membros P2P ícone.png Sim
Lançamento 18 de abril de 2005
Dificuldade Mestre Mestre
Duração Muito Longa
Dublada Parcial
Série O Retorno de Zaros
Era Quinta Era
Desenvolvedor(es)
Principais James B

Tesouro do Deserto é uma missão lançada em 18 de abril de 2005. Esta missão faz parte da série de missões do Retorno de Zaros. Consiste em o jogador ajudar o próximo Mahjarrat, Azzanadra, a fugir da prisão de uma pirâmide, no Deserto Kharidiano. Esta missão também é importante para entender as descobertas e fatos históricos no sítio de escavação Kharid-et em Arqueologia.

Descrição Oficial

Rumores abundam por toda Varrock e Al-Kharid que um arqueólogo descobriu pistas para uma horda de tesouro escondido no deserto, ao sul de Al-Kharid. Qualquer pessoa preparada para oferecer-lhe ajuda em sua caça ao tesouro pode muito bem encontrar-se beneficiando de uma recompensa muito grande de fato ...

Visão Geral

Asgarnia Smith

Objetos necessários: Nenhum, somente dois espaços livres na mochila.
Arqueólogo cabeça.png
O Arqueólogo explica seus planos.

Viaje via Tapete Mágico logo na entrada da Passagem de Shantay com destino ao Acampamento Bedabino. Fale com Asgarnia Smith (arqueólogo), que pode ser encontrado do lado do viajante de tapetes mágicos. Ele te diz que é 'mundialmente conhecido' e o descobridor do Templo de Ikov e da Arena de agilidade de Brimhaven. Pergunte a ele sobre uma missão, ele te dirá que trabalha para a Sociedade Arqueológica do Museu de Varrock e precisa de ajuda para encontrar um artefato antigo potencialmente valioso, aceite a missão e pegue o entalhe com as escrituras antigas.

Terry Balando e sua tradução

O Centro de Exame.

Você é então instruído por ele a se dirigir ao Centro de Exames, localizado ao sul do Sítio de Escavação de Varrock, onde se encontra Terry Balando, um tradutor especializado em idiomas antigos. Fale com ele, dê os entalhes, fale novamente com ele. Ele vai te dar um livro chamado Tradução, cuja primeira página informa que foi feita a melhor tradução possível. Leve de volta o livro à Asgarnia Smith. Ele vai perguntar se você quer lê-lo, não há problema em ler, basta falar novamente com Asgarnia uma vez que tenha terminado a leitura. Para prosseguir, selecione a opção não ler, ele vai pegar o livro para si mesmo e dar uma olhada. Fale novamente com ele e ele pedirá sua ajuda, oferecendo a você a metade do potencial tesouro, selecione a opção Ajudar. Asgarnia concorda em repartir possíveis tesouros com você, e te orienta a procurar informações e pistas no Acampamento dos Bandoleiros, enquanto ele continuará no Acampamento Bedabino.

Você agora está a procura do tesouro e deve se dirigir ao Acampamento dos Bandoleiros.

Os Quatro Diamantes de Azzanadra

Objetos necessários: Pode ser em forma de cupom: 6 barras de aço, 12 lenhas mágicas e 6 vidros derretidos; os demais não podem ser em forma de cupom: um carvão, uma runa do sangue, cinzas, 650 moedas, e ossos. Você não deve ter nenhum objeto de Saradomin ou Zamorak equipado.
Mapa do Acampamento dos Bandoleiros.

Vá ao sul até o Acampamento dos Bandoleiros, há um bar logo em direção ao litoral, compre um trago dos bandoleiros com o Garçom. Beba-o e fale com o Garçom novamente, pergunte a ele se ele sabe algo sobre os quatro 'diamantes'. Surpreso com tal conhecimento pelo aventureiro viajante (você), ele te diz que de fato existe uma antiga lenda sobre os Quatro Diamantes de Azzanadra, mas conclui dizendo que você precisará encontrar alguém mais velho no assentamento que conheça em mais detalhes sobre a lenda.

Fale com Eblis, que pode ser encontrado dentro, ou nas proximidades de sua casa, na parte mais ao leste do acampamento, após passar pelo Armazém Geral. Pergunte a ele sobre o porquê dos habitantes locais serem tão hostis com visitantes - após a resposta de Eblis, você deve dizer que quer ouvir sua história. Ele te explica que, no passado longínquo, seu Deus foi banido e seu povo teve que lutar com suas próprias forças contra os exércitos de Saradomin e Zamorak, na qual Eblis se refere como "vingativo" e "patético", respectivamente. Eblis conclui dizendo que seu herói, Azzanadra, foi preso, e seus quatro diamantes foram roubados por guerreiros de Zamorak. Finaliza dizendo que sua raça aguarda o dia em que ele retornará.

Agora, fale com ele novamente e pergunte sobre os diamantes. Eblis decide te ajudar com todo o prazer ao saber que você está interessado nos diamantes, na esperança de que Azzanadra irá ser libertado da sua prisão. Ele precisa de alguns objetos para criar espelhos que podem rastrear traços dos diamantes.

Use os objetos necessários em Eblis e ele irá dizer-lhe para o encontrar a sudeste, exatamente no local da magnetita do Acampamento dos Bandoleiros.

Espelho meu, espelho meu

Eblis e os espelhos místicos.

Dirija-se à pequena colina ao sudeste para encontrar Eblis parado no meio de seis espelhos místicos. Fale com ele, você será informado que os espelhos, ao serem olhados, oferecerão uma visão de locais onde há traços místicos dos diamantes.

Termine o diálogo com Eblis e clique em cada um dos espelhos e você irá ver seis localizações espalhadas por Guilenor. Observe que duas delas - a pirâmide e o acampamento dos bandoleiros - não indicam a localização atual dos diamantes.

As outras quatro localizações mostram onde você pode encontrar os diamantes - sendo elas Canifis, uma área gelada próxima a Trollópolis, um poço cheio de fumaça perto de Pollnivneach, e um local calmo e sereno com bancos e árvores em Kandarin, mais especificamente a oeste da Guilda dos Pescadores e ao noroeste da magnetita de Ardonha.

Na ordem que desejar, você agora tem de obter cada um dos quatro diamantes - os Diamantes de Gelo, Sangue, Sombras e Fumaça - que estão na possessão de poderosos guardiões.

Tente não manter os diamantes no seu inventário por muito tempo, pois existe uma chance de você ser atacado por um desconhecido de nível 81.

O diamante de sangue

Objetos necessários: Alho, uma barra de prata e um condimento.
Objetos recomendados: Boa comida, 2-3 poções do devoto, uma algibeira de druida, equipamento para combate de Magia e um teleporte de emergência (como uma tabuleta de teleporte)
Ruantun vivendo no Esgoto de Draynor.
Malak drenando o seu sangue para dentro do pote.
O local da tumba de Dessous, ao sudeste de Canifis e logo ao norte do Castelo de Drakan.
Um jogador luta contra Dessous usando feitiços de ar, que são a fraqueza do mesmo.

Criptonita

Viaje até Canifis e entre na Taverna Canina (o edifício mais grande logo ao sul). Uma cena irá começar, onde Malak, um vampilorde, exige um dízimo de sangue do dono do bar após seu subordinado, Gadderanks, não se mostrar muito competente. Depois um pouco de conversa, Malak reconhece você como um forasteiro e pergunta-lhe o que levou você a vir a estas terras. Diga-lhe que está à procura do diamante de sangue, que desperta a sua atenção e ele lhe oferece um acordo: ele dirá onde o diamante está guardado, mas em troca você deve matar a pessoa em sua posse, um vampilorde chamado Dessous. Aceite o acordo.

Nota: É recomendável selecionar todas as opções de diálogo em sua conversa com Malak - incluindo como você pode matar Dessous.

Você deve primeiro obter um Pote de prata com Ruantun, como explicitado por Malak. Ruantun é um vampiro que vive no Esgoto de Draynor. Se dirija até lá através de um amuleto da glória ou pela magnetita de Draynor. Entre no esgoto através de um alçapão que fica bem ao lado da Prisão. Uma vez dentro do esgoto, siga diretamente ao norte e fale com Ruantun.

Um pote abençoado

Assim que obter o pote, vá para qualquer banco e deposite toda a sua armadura e quaisquer outros objetos que são proíbidos pelos monges de Entrana (com exceção do pote de prata).

Agora você precisa abençoar o pote com poder divino para enfraquecer Dessous. Para tal, você precisará da ajuda do Sumo Sacerdote de Entrana. Vá para Entrana. Quando chegar, vá para a Igreja maior e fale com o Sumo Sacerdote, que o abençoará de boa vontade.

Retorne a Canifis e fale com Malak. Ele irá encher o pote de sangue com o seu sangue. Clique com o botão direito no alho e amasse-o para obter , acrescente-o ao pote e por fim use o condimento. Examine o pote para verificar se todos os ingredientes estão dentro (sangue, alho e temperos).

É uma boa ideia aproveitar que você está em Canifis e ir ao banco para se preparar para a batalha.

Dessous, o forrageador de sangue

Leve o pote até o cemitério no pântano de Mort Myre (observe o mapa à direita deste guia); tenha cuidado com as aparições e leve uma algibeira de druida com pelo menos 3 cargas para evitar apodrecimento de comida.

Uma vez que tenha chegado na tumba de Dessous, use o pote abençoado na tumba, e o vampiro sairá para iniciar o combate. Caso prefira, leia as mecânicas abaixo antes de usar o pote na tumba para lidar melhor com ele.

Mecânicas de combate de Dessous

  • Dessous é um inimigo de nível 84 com 25.000 pontos de vida. Sua fraqueza são feitiços do ar, por isso recomenda-se magia;
  • Ele pode atacar usando os três estilos de combate e muda o seu estilo de ataque dependendo da oração que você usar; se você usar antiatrito, ele irá usar ataque de magia/à distância; mas se você estiver a usar antimagia/míssil, ele irá usar ambos os ataques. É recomendado que você se proteja contra os ataques de corpo a corpo de Dessous, pois eles dão mais dano que os outros ataques;
  • Ele pode teleportar-se para perto de você se você tentar mata-lo a partir de uma distância segura (um safespot). Se ele se teleportar mais de três vezes, ele diz "Estou cansado de brincar com você" e volta para dentro da sua tumba. Nesse caso, precisará falar com Malak novamente para encher o pote de sangue, e precisará de outro alho e condimento.

Depois da luta, volte a falar com Malak e você receberá o diamante de sangue. Opcional: Lembre-se de deposita-lo assim que o receber no banco de Canifis para prevenir que seja atacado por um desconhecido.

O diamante das sombras

Objetos necessários: Pelo menos 10 Gazuas (a quantidade exata varia, dependendo do seu nível de Roubo e de um pouco de sorte)
Objetos recomendados: Odres d'água (4), antiveneno, magnetita de Ardonha e tente evitar qualquer objeto ligado à Saradomin ou Zamorak - isso pode dificultar a abertura da arca

Anel de visibilidade

Conversando com Rasolo.
A Arca que guarda a cruz dourada de Rasolo.

Teleporte pela magnetita de Ardonha e siga à oeste, passe pela Guilda de Pesca e siga até ver gigantes de líquen, haverá uma área com cerca baixa logo ao norte dos gigantes. Você deve encontrar um NPC chamado Rasolo. Fale com ele sobre um diamante, ele dirá que sabe a localização - em um calabouço que só pode ser acessado ao usar um anel especial, tal anel está em posse do mesmo.

Ele está disposto a te entregar o anel de visibilidade, se você puder recuperar sua cruz dourada que foi roubada por Laheeb, um membro do Acampamento dos bandoleiros. A cruz dourada de Rasolo foi guardada em uma arca segura por Laheeb, e você precisará agora ir até lá.

A abertura da arca

Se dirija novamente ao Acampamento dos bandoleiros, é recomendável levar pelo menos uma poção antiveneno nessa parte. Você verá uma tenda ao sul com uma arca segura; existem três trancas que você precisa - naturalmente - destrancar. Clique na arca e confirme que você quer tentar abri-la. Neste momento seu nível Roubo influenciará na chance de sucesso, você pode conseguir de primeira, ou gastar dezenas de gazuas. Repita o processo caso necessário até conseguir abrir a arca e pegar a cruz dourada.

  • Caso esteja com o suprimento de gazuas acabando, pode roubar bandoleiros próximos para obter mais gazuas, além de antiveneno. Observe que isso não pode ser feito caso você esteja vestindo qualquer parte de equipamento que tenha relação com Saradomin ou Zamorak, pois isso os tornará mais agressivos e você não terá chance de rouba-los.
  • Cada falha ao tentar abrir a arca vai quebrar um gazua e você tomará um dano de 20 - 30 pontos vitais. A cor do splash ao tomar dano é sempre verde, não significa que você foi envenenado.
  • É possível, porém, ser envenenado e tomar um dano significativo de 120 - 250 pontos vitais a cada alguns segundos, por isso, beba antiveneno.

Uma vez que tenha conseguido abrir a arca e pegar a cruz, retorne à Rasolo pela magnetita de Ardonha. Fale com ele e entregue a cruz, você receberá o anel de visibilidade e agora terá capacidade de acessar locais de sombra. O combate com Damis é logo adiante, agora é uma boa hora para se equipar caso ainda não esteja.

Equipe o anel e vá diretamente ao leste, bem próximo de onde você está em uma área cercada de piquenique. Haverá uma escada transparente por perto, clique nela para descer. Uma vez dentro, não remova seu anel de visibilidade.

Damis, o senhor das sombras

Objetos necessários: Equipamentos de combate e comida, recomenda-se Magia
Objetos recomendados: Poção do devoto
Calabouço das Sombras mapa.png

Agora que está dentro do calabouço, siga para o leste, observe o mapa acima, o trajeto em laranja marca o caminho correto. Observe que existe um bug que ocorre quando você não vai direto ao centro a partir da entrada sudoeste. Caso Damis não apareça, você precisa voltar até o ponto que dá na caverna maior (onde termina o traçado laranja no mapa acima) e ir para o centro.

Mecânicas de combate de Damis

Um jogador derrotando Damis com Magia, este estilo possui grande bônus de defesa contra ataques corpo a corpo.
  • Damis é um inimigo de nível 84 que possui 20,000 pontos vitais. Sua fraqueza são feitiços de terra, por isso recomenda-se Magia. Ele ataca exclusivamente no estilo combate corpo a corpo;
  • Ele possui duas formas, ambas possuem o mesmo nível de combate e pontos vitais;
    • A primeira forma consiste de uma luta convencional, onde Damis vai atacar com combate corpo a corpo. Ativar a oração antiatrito é essencial;
    • Após derrota-lo, sua segunda forma iniciará, nesta ele drena seus pontos de oração em 20 a cada 0,6 segundos. Ter uma poção do devoto é recomendado, tanto para ativar antiatrito como também orações que aumentam bônus de precisão mágica, pois na segunda forma Damis possui uma defesa maior;
  • Evite usar recursos em área como encadeação, isso pode atingir esqueletos gigantes próximos.

Uma vez que o tenha derrotado, não esqueça de pegar o diamante das sombras que ele largou. Teleporte-se para o banco mais próximo e deposite o diamante, se preferir.

O diamante de fumaça

Objetos necessários: Máscara/Tapa-ouvidos com máscara/Elmo do exterminador, um par de luvas de gelo e reserve dois espaços livres na mochila.
Objetos recomendados: Runas para disparar seu melhor feitiço aquático (usar Magia é altamente recomendado) ou flechas de gelo se preferir Combate à Distância, métodos de restaurar energia de corrida (1+ super energia, anel do explorador 3/4, um pássaro do terror espiritual ou o spa de água salgada em Oo'glog), equipamento de redução de peso como capa com mais pintas e botas da leveza, runas para teleporte para casa se sua casa se situar em Pollnivneach, moedas para viagens de tapete mágico ou um anel do Extermínio

Luzes, câmera, ação!

Entrada para o Calabouço Fumacento

Vá para Pollnivneach por qualquer meio disponível, atravesse a cidade em direção norte-sul, haverá um poço a oeste próximo a colina. É a entrada do Calabouço Fumacento. Tenha certeza de que você possui uma máscara, ou qualquer outro tipo de proteção facial listada acima, e desça pelo poço.

Observação: Se você já concluiu a missão Onde Há Fumaça..., é recomendável entrar pelo poço que está dentro de Pollnivneach (na praça da cidade), pois assim você entrará direto na primeira tocha que precisará acender.

Uma tocha no Calabouço Fumacento.

No centro deste calabouço está uma caverna grande que leva a uma arca, a chave da arca consiste em acender quatro tochas. Em cada um dos quatro cantos do calabouço existem tochas que você precisa acender para abrir a arca. No entanto, cada tocha só se manterá acesa por 5 minutos antes de apagar. Planeje sua rota pelo calabouço antes de começar a se mover, e depois com seu plano em mente corra e acenda todas as tochas, você vai precisar se utilizar de métodos de restaurar energia. Se tiver acesso ao lago de água salgada em Oo'glog (após Para Início de Conversa), é altamente recomendado que você utilize-a antes de ir para Pollnivneach e consequentemente para o calabouço fumacento.

Outra observação importante é que, durante esta parte, não precisará correr com equipamentos de combate, você terá uma oportunidade de se reestocar para enfrentar Fareed.

Quando todas as tochas forem acesas, corra para o centro do calabouço e abra a arca queimada para obter uma chave quente. Caso não dê em nada, equipe suas luvas de gelo. Este processo só será bem sucedido se você se manter sempre correndo, qualquer momento em que acabar sua corrida pode ser crucial, mantenha-se tomando poções de energia, ou verificando a barra de vantagens para ver se efeitos passivos de corrida estão acabando.

Agora que você tem a chave, volte ao banco para se suprir de equipamento e comida, caso necessário.

Calabouço Fumacento mapa.png

Fareed, guardião da fumaça

Fareed; o guardião do diamante de fumaça.

Com a chave quente, caminhe até a parte leste do calabouço e use no portão para despertar Fareed.

Fareed possui nível 84 e 20,000 pontos vitais. Se você morrer após entrar no covil dele, vai perder sua chave, no entanto, se Fareed te matar ou você precisar sair para evitar a morte, não precisará reacender as tochas ou obter outra chave.

  • Luvas de gelo são essenciais, permite que você equipe armas para detê-lo; armas secundárias também podem ser utilizadas.
  • Naturalmente, a fraqueza de Fareed são feitiços de água, ele é imune aos outros elementos (ar, fogo, terra).
  • Flechas de gelo funcionam, caso prefira Combate à Distância.
  • Mantenha a oração Antiatrito ativa enquanto está em luta.

Quando o matar, o diamante de fumaça vai ir para sua mochila automaticamente. Caso não aconteça, pegue-o do chão. Teleporte-se e deposite o diamante no banco.

O diamante de gelo

Marrentil sujo.png
Este artigo ou seção requer uma limpeza.
Ele não está de acordo com os padrões de qualidade da RuneScape Wiki; você pode editar esta página para melhorá-la
Objetos necessários: Um bolo ou bolo de chocolate ou barra de chocolate; Botas com garras e botas de escalada (não necessário se você tiver cumprido a missão Em Busca da Erva Perdida).
Objetos recomendados: 4 ou mais poções da energia, algumas poções do devoto (dependendo do seu nível de combate), a melhor comida para seu nível de Condição Física, alternativamente como comida: Preparado de Saradomin caso combine-a com Super-restauradora; Runas para disparar seu melhor feitiço de fogo (Usar Magia é altamente recomendado), um teleporte de emergência, Aura Passo Firme/Aura do Passo Firme Superior.

Primeiramente vá até a casa de Dunstan, o ferreiro de Burthorpe, entregue a barra de ferro e a bota para ele, e este lhe dará uma bota com garras.

Tesouro do deserto local.png

Viaje para Trollópolis. De lá, suba o noroeste da maioria das bifurcações ao norte de Trollópolis, e para um caminho que leva ao Caminho do Gelo. No final deste caminho, você encontrará um portão de gelo e uma criança troll chorando ao lado dele.

Fale com a criança e dê-lhe um bolo. Ele se acalma e diz que seus pais foram capturados e congelados por um "homem mau" porque eles "roubaram" seu diamante, mesmo que eles só o tivessem encontrado por aí. Prometa ao garoto que salvará os pais dele, mas que precisará do diamante em troca.

Depois que ele concordar, entre no portão de gelo e você notará uma caverna para o sudeste, bloqueada pelo gelo. Para acessar a caverna, você deve remover cinco pedaços de gelo. Isso pode ser feito matando os trolls de gelo nas proximidades, e pode ser verificado pela mensagem: "Um pedaço de gelo cai longe da entrada da caverna..." em sua caixa de bate-papo.

Os feitiços de fogo causam danos consideravelmente altos aos trolls de gelo, e, portanto, é recomendado para usar. Como suas estatísticas estão constantemente caindo neste ambiente, você deve beber poções de restauração quando sua magia cai abaixo do nível necessário. Também é aconselhável proteger de Corpo a Corpo contra os trolls.

Uma vez que você matou cinco trolls, a caverna na parte de trás será desbloqueada. Continue pela caverna. Se necessário, deixe restaurar suas estatísticas ou reabasteça em itens.

A área através da caverna tem lobos de nível 95, então proteger do Corpo a Corpo é altamente recomendado. O caminho é longo e sinuoso, por isso correr quando puder é altamente aconselhável, pois economizará tempo e evitará que você morra ou perca temporariamente muitos níveis.

A luta contra Kamil

Um jogador derrotando Kamil com Magia.

Quando as pedras caírem da entrada, entre na caverna próximo aos trolls, continue o caminho usando antiatrito por causa dos lobos e chegará em uma área aberta, lá, Kamil aparecerá, use antiatrito.

Apesar de ser nível 154, ele é mais mortal que parece, usando magia de congelamento nível 94, que costuma causar várias vezes 50 em dano, e pode causar 150.

Enquanto estiver congelado não poderá lançar magia nele, e se usar antimagia, Kamil teleportará próximo a você e usará corpo a corpo.

Usar magia é o mais recomendado, de nível 35 pirorraio, melhor ainda com as manoplas do caos (obtidas na missão Caça ao Brasão perdido) que ajudará aumentar o dano.

Um canhão é eficaz contra Kamil, de mão ou não, leve pelo menos 50 balas.

Em corpo a corpo é bom que tenha 90+ combate e use um chicote abissal ou uma Cimitarra dragônica.

As estatísticas continuarão sendo drenadas, roupas de pele de dragão são recomendadas na luta.

Salvando os Trolls

É bom lembrar que não tem nenhum ponto de proteção contra Kamil.

Após derrotado, Kamil largará dois bolos de chocolate e uma poção super restauradora.

Siga em frente até encontrar uma subida de gelo, lembre-se de usar a bota com espinhos, você deverá rondar uma montanha no sentido anti-horário até uma borda de gelo, quando avistá-la, use a bota e suba.

Enquanto sobe na pista de gelo, cairá algumas vezes causando 20 de dano.

Quando chegar ao topo, passe pelo portão e siga a ponte reta, você irá avistar dois grandes blocos de gelo, são os trolls.

Quebre-os para libertar os trolls (cada bloco possui 100 pontos de vida, e são destruídos mais rapidamente usando magia), é recomendado beber uma dose da poção para que sejam destruídos mais rapidamente os blocos.

Quando libertar os dois, você irá para a entrada do caminho de gelo, e a criança troll lhe dará o diamante de gelo.

Contra o Damis, Fareed e Kamil é recomendado usar Magia, e contra Dessous Combate à Distância

Pirâmide Jaldraocht

Marrentil sujo.png
Este artigo ou seção requer uma limpeza.
Ele não está de acordo com os padrões de qualidade da RuneScape Wiki; você pode editar esta página para melhorá-la
Objetos necessários: Os quatro diamantes - diamante de fumaça, diamante das sombras, diamante de sangue e diamante de gelo.
Objetos recomendados: Equipamento de redução de peso, Anel do explorador 3 ou 4, algumas poções do devoto, Super antiveneno (ou algumas frutas estranhas), 4+ poções de superenergia, ou um mergulho na fonte de água salgada de Oo'glog, ou aura passo firme/superior e teleportes de emergência para jogadores de baixo nível.

Iftah Ya Simsim

Leve os diamantes até Eblis e fale com ele.

Agora vá para a pirâmide sudeste de Eblis, e coloque os diamantes de acordo com a imagem mostrada mais acima. Você pode observar que para cada pilar, há uma cor que demonstra qual diamante deve ser usado lá, são 4 pilares e na imagem poderá ver em qual deve-se usar cada diamante. Caso coloque todos corretamente, a porta no topo da pirâmide tornará desbloqueada, entre e desça à escada. Usando a imagem acima, faça os percursos pelos 4 andares da pirâmide, seguindo a linha vermelha mostrada.

Tome cuidado pois no caminho haverão múmias de nível 103, escaravelhos que envenenam e armadilhas que te jogam para fora da pirâmide, tendo você que reiniciá-la. São aleatórios os locais das armadilhas, e uma dica é não permanecer muito tempo parado no mesmo lugar, pois isso pode acionar uma armadilha.

Usando oração antiatrito poderá evitar todos os tipos de danos, e caso seja envenenado por escaravelhos, beba da poção.

No final do quarto andar, use a opção de abrir passagem da parede e você estará em uma sala com um altar, lá, fale com Azzanadra (caso ela não apareça, apenas ore no altar Zarosiano) e completará a missão!

Você terá acesso às magias antigas orando no altar e para sair da pirâmide, apenas use o portal. Para obter a magia atual novamente, apenas ore novamente no altar, e para acessar a pirâmide entre pela passagem localizada na parte de trás da pirâmide que leva diretamente á sala com o altar.

Parabéns, missão concluída!

Recompensas

Tesouro do Deserto recompensas.png

Curiosidades

  • O nome Eblis é derivado da palavra arábica Iblīs "إبليس", que é o nome para Satanás شيطان no islamismo.
  • 'Asgarnia Smith' é uma referência a Indiana Jones, ambos são arqueólogos, ambos têm um nome próprio de um lugar e um apelido popular.
  • Originalmente, esta missão era para ser dividida em quatro partes, cada uma focando-se num dos cristais.