Tesouro do Deserto

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Tesouro do Deserto (#77)Membros
Tesouro do Deserto detalhe.png
AKA[?] TD, DT
Inglês Desert Treasure
Lançamento 18 de abril de 2005
Dificuldade Mestre Mestre
Duração Muito Longa
Dublada Parcial
Série O Retorno de Zaros
Era Quinta Era
Equipe James B

Tesouro do Deserto é uma missão lançada em 18 de abril de 2005. Esta missão é a sequência direta de várias outras missões da série Mahjarrat, como Culto de Hazeel, A Lenda de Muspah, Arena de Combate e O Lamento do Escultor. Também se encaixa na série de missões do Retorno de Zaros, sendo assim uma missão de ampla importância em termos de história. Consiste em o jogador ajudar o próximo Mahjarrat, Azzanadra, a fugir da prisão de uma pirâmide, no Deserto Kharidiano. Esta missão não deve ser subestimada, pois é extremamente longa, árdua e difícil em completar. Esta missão também é importante para entender as descobertas e fatos históricos no sítio de escavação Kharid-et em Arqueologia.

Poucos jogadores de nível baixo conseguiram completá-la, e jogadores deste nível devem estar cientes de que provavelmente irão morrer pelo menos uma vez ao longo da missão. Porém, jogadores de nível médio e alto irão achar esta missão algo fácil, sem algum problema em completá-la.

Rumores abundam por toda Varrock e Al-Kharid que um arqueólogo descobriu pistas sobre tesouros escondidos no deserto, ao sul de Al-Kharid. Qualquer pessoa preparada para oferecer-lhe ajuda em sua caça ao tesouro pode muito bem beneficiar-se de uma grande recompensa, de fato...

Informações sobre a missão
Início
Tesouro do Deserto ícone.png
    Ícone de missão mapa.png Fale com o Arqueólogo no Acampamento bedabino
Membros    Somente para membros
Duração    Longa a Muito Longa (3 a 4 horas)
Requisitos
   Missão.png Missões necessárias

Habilidades Habilidades

  • 53 Roubo Roubo (Um nível maior será uma vantagem significativa)
  • 75 Corte de lenha Corte de Lenha apenas para jogadores no Modo Independente, embora seja possível conseguir as lenhas mágicas como objeto largado
  • Capacidade para derrotar monstros até nível 126, que conseguem atingir até 4100 de dano, e acima de 800 de forma consistente, dependendo do nível de Defesa
Objetos
Itens do porta-ferramentas não estão listados a não ser que não funcionem ou
não sejam automaticamente adicionados.
Recomendados:
Inimigos

Asgarnia Smith

Objetos necessários: Dois espaços livres no inventário
Arqueólogo cabeça.png
O Arqueólogo explica seus planos.

Vá andando, viaje via Tapete Mágico logo na entrada da Passagem de Shantay com destino ao Acampamento Bedabino, ou use um teleporte que tenha um destino próximo (Como um Amuleto dos Iluminados, feito em uma fornalha com prata e topázio, depois encantado). Fale com o Arqueologista, que pode ser encontrado do lado do viajante de tapetes mágicos. Ele te diz que é o 'mundialmente conhecido' Asgarnia Smith, o descobridor do Templo de Ikov e da Arena de agilidade de Brimhaven. Pergunte a ele sobre uma missão, ele te dirá que trabalha para a Sociedade Arqueológica do Museu de Varrock e precisa de ajuda para encontrar um artefato antigo potencialmente valioso, aceite a missão e pegue o entalhe com as escrituras antigas.

O Centro de Exames.

Você é então instruído por ele a se dirigir ao Centro de Exames no Sítio de Escavação de Varrock, onde se encontra Terry Balando, um tradutor especializado em idiomas antigos. Fale com ele, e então dê o pergaminho e fale novamente com ele. Ele vai te dar um jornal, cuja primeira página informa que foi feita a melhor tradução possível. Leve de volta o jornal ao Arqueologista que vai perguntar se você quer lê-lo, não há problema em ler, basta falar novamente com Asgarnia. Para prosseguir, selecione a opção Não ler, ele vai pegar o jornal para si mesmo e dar uma olhada. Fale novamente com ele e ele pedirá sua ajuda, oferecendo a você a metade do potencial tesouro, selecione a opção Ajudar, você agora está a procura do tesouro e deve se dirigir ao Acampamento dos Bandoleiros.

Os Quatro Diamantes de Azzanadra

Objetos necessários: 6 barras de aço, 12 lenhas mágicas, 6 vidros derretidos (Esses três primeiros podem ser entregues em forma de cupom), um carvão, uma runa do sangue, cinzas, 650 moedas, e ossos. Você não deve ter nenhum objeto de Saradomin ou Zamorak equipado. Lembre-se de usar os objetos necessários no Eblis.

Asgarnia concorda em repartir possíveis tesouros com você, e te orienta a procurar informações e pistas no Acampamento dos Bandoleiros, enquanto ele continuará no Acampamento Bedabino (não confundir bandoleiros com nômades).

Vá ao sul até o Acampamento dos Bandoleiros, há um bar logo em direção ao litoral, compre um trago dos bandoleiros com o Garçom. Beba-o e fale com o Garçom novamente, pergunte a ele se ele sabe algo sobre os quatro 'diamantes'. Surpreso com tal conhecimento pelo aventureiro viajante (você), ele te diz que de fato existe uma antiga lenda sobre os Quatro Diamantes de Azzanadra, mas conclui dizendo que você precisará encontrar alguém mais velho no assentamento que conheça em mais detalhes sobre tal lenda e o passado turbulento do Deserto Kharidiano-Menaphita.

Fale com Eblis, que pode ser encontrado dentro, ou nas proximidades de sua casa, na parte mais ao leste do acampamento, após passar pelo Armazém Geral. Pergunte a ele sobre o porquê dos habitantes locais serem tão hostis com visitantes. Ele te explica que, no passado longínquo, seu Deus foi banido e seu povo teve que lutar com suas próprias forças contra os exércitos de Saradomin e Zamorak, na qual Eblis se refere como "vingativo" e "patético", respectivamente. Eles foram atacados de todas as frontes e eventualmente perderam mais e mais terras, e foram forçados a se refugiar no deserto profundo. Seu herói e grande inspirador, Azzanadra, foi aprisionado e amaldiçoado em uma estrutura de pedra ao sul do acampamento, e eles até hoje aguardam seu retorno para ter sua vingança e recuperar o que lhes-foi roubado.

Agora, pergunte-o sobre os diamantes, e ele dirá que os diamantes eram na verdade o legado de Azzanadra, talvez uma lembrança mística que ele deixou sabendo que a guerra estava perdida. Os diamantes foram roubados pelos guerreiros de Zamorak, 4 deles, após ele ter sido aprisionado. Você deve subjugar e matar esses guerreiros - que absorveram os poderes elementais dos diamantes para si mesmos - para recuperar os diamantes.

Mapa do Acampamento dos Bandoleiros

Espelho meu, espelho meu

Eblis decide te ajudar com todo o prazer, na esperança de que Azzanadra irá ser libertado da sua prisão. Ele precisa de alguns objetos para criar uns espelhos de espionagem especiais, com altas capacidades místicas, que ele irá usar para sentir o poder dos diamantes e triangular a sua localização aproximada. Use os objetos necessários em Eblis e ele irá dizer-lhe para o encontrar a sudeste, no sítio da magnetita do acampamento dos bandoleiros.

Eblis e os espelhos místicos.

Dirija-se à pequena colina para encontrar Eblis parado no meio de seis espelhos místicos. Clique em cada um dos espelhos e você irá ver seis localizações espalhadas por Guilenor. Duas delas - a pirâmide e o acampamento dos bandoleiros - não indicam a localização atual dos diamantes.

As outras quatro localizações mostram onde você pode encontrar os diamantes - sendo elas, Canifis, uma área gelada próxima a Trollópolis, um poço cheio de fumaça perto de Pollnivneach, e um local calmo e sereno com bancos e árvores a oeste da Guilda dos Pescadores e a sudeste das Cataratas de Baxtorian.

Você agora tem de obter cada um dos quatro diamantes - os Diamantes de Gelo, Sangue, Sombras e Fumaça - que estão na possessão de poderosos guardiões. Você pode pegar os diamantes na ordem que preferir.

Tente não manter os diamantes no seu inventário por muito tempo, pois existe uma chance de você ser atacado por um desconhecido de nível 81. Ele é capaz de dar 5 000 de dano por ataque especial.

O diamante de sangue

Objetos necessários: Alho, uma barra de prata e um condimento.
Objetos recomendados: Boa comida (Uma boa comida é aquela que tem o nível mais aproximado do seu nível de Condição físicaCondição Física, pois assim a cura será máxima), 2-3 poções do devoto, uma algibeira de druida ou algibeira ouroboros, equipamento para combate de magia e/ou um multicanhão dos anões, e um teleporte de emergência (como uma tabuleta de teleporte). Você deve deixar todas as armas e armadura no banco até até passar por Entrana.

Criptonita

Viaje até Canifis e entre na Taverna Canina (o edifício mais grande logo ao sul da forca no centro da vila), onde uma cena irá começar (se ela não começar, pode falar com Malak, encostado na parede a leste da entrada) onde Malak, um vampilorde, exige um dízimo de sangue do dono do bar após seu subordinado, Gadderanks, não se mostrar muito competente. Depois um pouco de conversa, Malak reconhece você como um forasteiro e pergunta-lhe o que levou você a vir a estas terras. Diga-lhe que está à procura do diamante de sangue, que desperta a sua atenção e ele faz-lhe uma oferta - ele dirá onde o diamante está guardado, mas em troca você deve matar a pessoa em sua posse, um vampilorde chamado Dessous.

Ruantun vivendo no Esgoto de Draynor.

Não se preocupe em estar possivelmente sendo enganado, pois os interesses dele não tem nada a ver com o Diamante. Aceite a oferta e ele dará uma dica sobre o local de descanso de Dessous, que é no cemitério localizado a sudeste de Canifis. Malak também dá a você instruções sobre como atrair Dessous e o matar.

Você deve primeiro obter um pote de oferenda com Ruantun, um vampiro no Esgoto de Draynor. Lembre-se de falar sobre o pote de oferenda, ou você terá de voltar ao esgoto para voltar a falar com Malak. Vá até ao Esgoto de Draynor, a entrada fica perto da Prisão de Draynor e a norte do mercado de Draynor. Na zona mais a norte dos esgotos, fale com o vampiro chamado Ruantun e troque a barra de prata por um pote de oferenda.

Malak drenando o seu sangue para dentro do pote.

Agora você precisa de abençoar o pote com poder divino para enfraquecer Dessous. Para fazer o abençoamento você precisará da ajuda do Sumo Sacerdote de Entrana. Verifique se guardou as suas armas e armadura no banco antes de ir para Entrana. Quando chegar lá fale com o sumo sacerdote, que o abençoa de boa vontade. Você pode lutar contra Dessous mesmo sem ter abençoado o pote, mas não irá conseguir matá-lo, portanto tente não esquecer essa etapa.

Retorne a Canifis e fale com Malak. Ele irá infligir-lhe 50 pontos de dano, e irá encher o pote abençoado com o seu sangue. Clique com o botão direito no alho e esmague-o para obter um , acrescente-o ao pote de sangue, juntamente com o condimento, para conseguir um Pote abençoado (concluído). O pote continuará a aparecer como "pote abençoado" mas o texto ao examinar será: "Um pote de prata cheio de sangue, alho e condimentos.". O pote de oferenda agora funcionará de forma eficaz contra vampiros, para você atrair Dessous e conseguir obter o diamante.

Se você tiver o pote cheio de sangue sem estar abençoado, adicionar o condimento antes do alho em pó irá criar um pote abençoado ou um pote de prata. Levando o pote ao sumo-sacerdote para ser abençoado irá mostrar uma conversa interessante, mas o sacerdote irá abençoá-lo mesmo assim.

Dessous, o forrageador de sangue

Localização da tumba de Dessous
Um jogador luta contra Dessous usando feitiços de ar, que são a fraqueza do mesmo.

Leve o pote até o cemitério no pântano de Mort Myre; tenha cuidado com as aparições pois elas podem apodrecer a sua comida enquanto você caminha até o cemitério. Isso pode ser evitado se você possuir na mochila uma algibeira druida carregada (Recomenda-se no mínimo 3 cargas) ou uma algibeira ouroboros. Depois de você chegar ao cemitério, prepare-se para o combate, e derrame o seu sangue na tumba para chamar Dessous.

A área que leva até o cemitério é um pântano relativamente difícil de atravessar, mas seu personagem pode andar automaticamente se fizer o seguinte: Desça diretamente ao sul da Magnetita de Canifis, até que esteja a sudeste do banco de Canifis, do outro lado do lago do pântano. Agora, aumente o tamanho do seu mini mapa até que consiga ver dois ícones de pata (Área de caça), clique na pata mais a leste e seu personagem irá automaticamente. Ao chegar lá, ainda com o mini mapa aumentado de tamanho, clique na entrada do cemitério a sudeste e então seu personagem irá fazer o caminho. Esteja preparado para a luta. Lembre-se de ter consigo a Algibeira druida carregada para evitar que as aparições apodreçam sua comida.

  • Dessous é um inimigo de nível 84 com 25.000 pontos de vida. Ele tem dois estilos de ataque - um ataque corpo-a-corpo e outro ataque de magia/à distância, ambos tendo uma velocidade de ataque alta. O ataque de magia/à distância irá atingir cerca de 500 de dano, enquanto que o ataque de corpo-a-corpo pode atingir até 864 de dano. Mas em todos os estilos seus ataques são consistentes.
    • Ele pode teleportar-se para perto de você se você tentar mata-lo a partir de uma distância segura (um safespot). Se ele se teleportar mais de três vezes, ele diz "Estou cansado de brincar com você" e volta para dentro da sua tumba, e você terá de voltar a falar com Malak para obter mais sangue sangue e usar novos condimentos e alho no pote.
Um jogador usando o multicanhão dos anões na luta contra Dessous.
  • Dessous é fraco contra feitiços do ar, e pode ser derrotado rapidamente se você os usar enquanto luta contra ele. Você também pode usar corpo-a-corpo, à distância ou um multicanhão dos anões para matar Dessous, mas eles poderão necessitar de mais recursos que usando magia. Se ele for demasiado forte para você, você pode teleportar-se para um local seguro e tentar de novo depois, mas você terá de voltar a falar com Malak para voltar a encher o pote de sangue.
  • Dessous muda o seu estilo de ataque dependendo da oração que você usar; se você usar Antiatrito, ele irá usar ataque de magia/à distância; mas se você estiver a usar Antimagia/míssil, ele irá usar ambos os ataques. É recomendado que você se proteja contra os ataques de corpo-a-corpo de Dessous, pois eles dão mais dano que os outros ataques.
  • Se Dessous ressuscitar com a sua vida cheia depois de você o matar, significa que o pote de oferenda não foi abençoado pelo Sumo Sacerdote em Entrana. Você vai ter de o abençoar antes de poder lutar contra ele novamente.
  • Após mata-lo, seu personagem vai notar que o diamante não estava com ele, caso pule sem querer o diálogo que aparecerá não há problema, basta voltar a Canifis para continuar a missão.

Depois da luta, volte a falar com Malak e dê-lhe o pote abençoado em troca do diamante de sangue. Lembre-se de depositar o diamante de sangue assim que o receber no banco de Canifis para prevenir que seja atacado por um desconhecido.

O diamante das sombras

Objetos necessários: Gazuas (A quantidade exigida depende do seu nível de Roubo e de um pouco de sorte, você pode precisar de até 100, mas um truque simples é traze-los em forma de cupom e, caso necessário, vende-los ao Armazém Geral ao norte e comprar de novo)
Objetos recomendados: Odres d'água (4), antiveneno, magnetita de Ardonha

Agora vá novamente ao Acampamento dos Bandoleiros, levando consigo dois odres de água (4) ou mais, duas ou mais antiveneno, várias gazuas (o número depende da sorte do jogador e do nível em RouboRoubo), dinheiro para viagens de tapete, e colar de jogos é recomendado para teleportar até colônia bárbara chegando rápido até Rasolo. Também é vantajoso ter liberado a magnetita de Ardonha.

Vá para o acampamento dos bandoleiros, lá, sul ao bar você verá uma tenda circular, dentro dela há uma arca segura.

Use a gazua para tentar abri-la, caso consiga obterá a cruz dourada, ou do contrário, será atingido por uma armadilha venenosa.

Leve a cruz para Rasolo e ele lhe entregará o anel, caso perca, pode obter outro falando com ele.

Equipando o anel, você verá a entrada para a masmorra das sombras no cercado de piquenique próximo a Rasolo.

1: entrada
2: Damis, numa área multi-combate
G: Esqueletos gigantes nível 80
S: Cães das sombras nível 63

Após descer as escadas, vá para leste e depois norte quando possível, continue leste e vá sul na primeira passagem possível.

Agora vá leste e você perceberá uma pequena caverna sul, passe por ela para que sua energia e vida seja recarregada sem suprimentos.

Depois vá norte e em seguida leste para entrar na caverna de Damis, que aparecerá quando você correr ao centro.

Damis irá reaparecer com a vida completa algum tempo depois de ser morto.

A luta contra Damis

Um jogador derrotando Damis com Magia.

Damis para muitos é um dos mais poderosos chefes da missão, ele possui duas formas, e irá drenar 4-6 pontos de oração cada vez que atingir você, mesmo que o dano seja zero.

Damis só usa corpo a corpo e sua segunda forma é nível 174 enquanto a primeira 103.

Leve de 6 até 20 poções da oração protegendo contra corpo a corpo, após derrotá-lo, lembre-se de pegar o diamante.

Após matar a primeira forma de Damis, você terá que lutar só com a segunda caso saia ou morra.

É interessante notar que também há uma área mostrada como um retângulo verde na imagem do mapa do calabouço das sombras que você, caso use corpo a corpo, pode prender Damis para lutar sem esqueletos e cães atrapalharem.

Leve boa comida, como tubarão, e lembre-se de poções super energia para o caminho e teleporte de emergência caso algo dê errado.

Usando magia, ataques de terra são eficazes, e para 65+ em magia, garras de Guthix também, você pode usar Atola ou estorvo para prender Damis e assim poupar pontos de oração.

Usando combate à distância, leve setas de diamante (e) junto com balestra rúnica.

Usando Corpo a corpo não é recomendado, mas caso vá, um chicote abissal é recomendado e canhões podem ser usados como arma secundária, por não atingir apenas Damis, já que outros monstros atacam você.


O diamante da fumaça

Itens necessários:

  • Poções da oração (cerca de 4 ou mais)
  • Armadura
  • Arma
  • Comida (Linguado do deserto ou melhor)
  • Poções de energia ou Anel explorador 3
  • Caixa de fogo
  • 2 odres d'água
  • Moedas para viagem de tapete
  • Passagem de Shantay
  • Teleporte de emergência
  • Luvas de Gelo

Nota: Não se esqueça da máscara, ou de extermínio ou de gás (da missão Missões Cidade da praga). Vá para Pollnivneach com o tapete mágico abaixo da Passagem de Shantay, em seguida, passe pela cidade e vá para oeste após as montanhas, encontrará um poço enfumaçado.


Calabouço da fumaça mapa.png

Clique nele e sua personagem irá falar, clique novamente e descerá para uma masmorra. Há 4 tochas no local, você deve acender todas o mais rápido possível.

Use a caixa de fogo com a tocha e corra para a próxima, a melhor ordem seguindo os números da imagem acima para acender as tochas é: 4-3-1-2. Após todas acesas, corra para o centro nomeado sala "5" na imagem e abra o baú, pegando a chave quente. O número zero da imagem acima é onde você começa.

A luta contra Fareed

Fareed, o Guardião do Diamante de fumaça.

Agora vá para a sala "6" da imagem mais acima e entre usando a chave, Fareed aparecerá. Ele tem 20.000 pontos de vida e nível 84.

Você só pode equipar itens contra Fareed se estiver usando luvas de gelo, ou do contrário, terá que usar magia selecionada do livro sem cajado. Deve-se usar antiatrito contra Fareed e uma roupa resistente a magia (como pele de dragão) pode ser útil.

Para obter luvas de gelo você deve matar a Rainha de Gelo (nível 111) no calabouço do Pico do Lobo Branco.

Repetindo, para qualquer arma ou escudo (de qualquer estilo de combate) são necessárias luvas de gelo. Se usar corpo a corpo o derrote com uma arma descente (como exemplo espada longa dragônica ou superior), usando magia é recomendado ataques de água (é a fraqueza de Fareed). Se você decidir usar Combate à distância, deverá usar um Arco de cristal ou qualquer arco com Flechas de gelo, pois Fareed irá incinerar qualquer outro tipo de flecha.

Por fim você pode colocar um canhão dentro e sair para fora do portão, deixando o canhão fazer o trabalho todo, umas 50 balas serão necessárias.

O diamante do gelo

Itens necessários:

  • 2 Botas de escalada
  • 1 Barra de ferro
  • 1 bolo comum ou de chocolate
  • Poções super restauradoras (de 10 a 20)
  • Tubarões ou melhor
  • Runas do caos, do ar e do fogo para ataque mágico "piroraio" (é o mais recomendado)

Recomendados:

  • Colar de jogos (para teleporte até Burthorpe ou teleporte até Trollópolis)

Primeiramente vá até a casa de Dunstan, o ferreiro de Burthorpe, entregue a barra de ferro e a bota para ele, e este lhe dará uma bota com espinhos.

Quando chegar na entrada da entrada de gelo (o caminho pode ser visto na imagem mapa de Trollópolis mais acima) fale com a criança troll, em seguida, use o bolo com ela e fale novamente. Agora entre no portão de gelo e ative antiatrito, você deve matar 5 trolls de gelo (nível 121-124), fique esperto em suas estatísticas pois o frio drenará a mesma tempo a tempo, e também causará 10 de dano. Leve cerca de 10 poções super restauradoras e o resto de tubarão, ou 15 poções e o resto de preparado de Saradomin.(se você morrer ou sair não precisara matar os trolls de novo)

A luta contra Kamil

Tesouro do deserto local.png
Um jogador derrotando Kamil com Magia.

Quando as pedras caírem da entrada, entre na caverna próximo aos trolls, continue o caminho usando antiatrito por causa dos lobos e chegará em uma área aberta, lá, Kamil aparecerá, use antiatrito.

Apesar de ser nível 154, ele é mais mortal que parece, usando magia de congelamento nível 94, que costuma causar várias vezes 50 em dano, e pode causar 150.

Enquanto estiver congelado não poderá lançar magia nele, e se usar antimagia, Kamil teleportará próximo a você e usará corpo a corpo.

Usar magia é o mais recomendado, de nível 35 pirorraio, melhor ainda com as manoplas do caos (obtidas na missão Caça ao Brasão perdido) que ajudará aumentar o dano.

Um canhão é eficaz contra Kamil, de mão ou não, leve pelo menos 50 balas.

Em corpo a corpo é bom que tenha 90+ combate e use um chicote abissal ou uma Cimitarra dragônica.

As estatísticas continuarão sendo drenadas, roupas de pele de dragão são recomendadas na luta.

Salvando os Trolls

É bom lembrar que não tem nenhum ponto de proteção contra Kamil.

Após derrotado, Kamil largará dois bolos de chocolate e uma poção super restauradora.

Siga em frente até encontrar uma subida de gelo, lembre-se de usar a bota com espinhos, você deverá rondar uma montanha no sentido anti-horário até uma borda de gelo, quando avistá-la, use a bota e suba.

Enquanto sobe na pista de gelo, cairá algumas vezes causando 20 de dano.

Quando chegar ao topo, passe pelo portão e siga a ponte reta, você irá avistar dois grandes blocos de gelo, são os trolls.

Quebre-os para libertar os trolls (cada bloco possui 100 pontos de vida, e são destruídos mais rapidamente usando magia), é recomendado beber uma dose da poção para que sejam destruídos mais rapidamente os blocos.

Quando libertar os dois, você irá para a entrada do caminho de gelo, e a criança troll lhe dará o diamante de gelo.

Contra o Damis, Fareed e Kamil é recomendado usar Magia, e contra Dessous Combate à Distância

Pirâmide Jaldraocht

Objetos necessários: Os quatro diamantes - diamante de fumaça, diamante das sombras, diamante de sangue e diamante de gelo.
Objetos recomendados: Equipamento de redução de peso, Anel do explorador 3 ou 4, algumas poções do devoto, Super antiveneno (ou algumas frutas estranhas), 4+ poções de superenergia, ou um mergulho na fonte de água salgada de Oo'glog, ou aura passo firme/superior e teleportes de emergência para jogadores de baixo nível.

Iftah Ya Simsim

Leve os diamantes até Eblis e fale com ele.

Agora vá para a pirâmide sudeste de Eblis, e coloque os diamantes de acordo com a imagem mostrada mais acima. Você pode observar que para cada pilar, há uma cor que demonstra qual diamante deve ser usado lá, são 4 pilares e na imagem poderá ver em qual deve-se usar cada diamante. Caso coloque todos corretamente, a porta no topo da pirâmide tornará desbloqueada, entre e desça à escada. Usando a imagem acima, faça os percursos pelos 4 andares da pirâmide, seguindo a linha vermelha mostrada.

Tome cuidado pois no caminho haverão múmias de nível 103, escaravelhos que envenenam e armadilhas que te jogam para fora da pirâmide, tendo você que reiniciá-la. São aleatórios os locais das armadilhas, e uma dica é não permanecer muito tempo parado no mesmo lugar, pois isso pode acionar uma armadilha.

Usando oração antiatrito poderá evitar todos os tipos de danos, e caso seja envenenado por escaravelhos, beba da poção.

No final do quarto andar, use a opção de abrir passagem da parede e você estará em uma sala com um altar, lá, fale com Azzanadra (caso ela não apareça, apenas ore no altar Zarosiano) e completará a missão!

Você terá acesso às magias antigas orando no altar e para sair da pirâmide, apenas use o portal. Para obter a magia atual novamente, apenas ore novamente no altar, e para acessar a pirâmide entre pela passagem localizada na parte de trás da pirâmide que leva diretamente á sala com o altar.

Parabéns, missão concluída!

Recompensas

Tesouro do Deserto recompensas.png

Curiosidades

  • O nome Eblis é derivado da palavra arábica Iblīs "إبليس", que é o nome para Satanás شيطان no islamismo.
  • 'Asgarnia Smith' é uma referência a Predefinição:Wp, ambos são arqueólogos, ambos têm um nome próprio de um lugar e um apelido popular.
  • Originalmente, esta missão era para ser dividida em quatro partes, cada uma focando-se num dos cristais.