Transcrição de Batalha do Monólito (minimissão)

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo está em construção
Este artigo ou seção encontra-se em construção.
As informações contidas aqui podem não ser precisas ou completas. Ajude-nos fazendo ele crescer!


Esta transcrição envolve diálogos com Azzanadra, Trindine, Wahisietel, Saradomin, Seren, Zaros, TokHaar-Hok, e o jogador.

Começando a minimissão[editar | editar código-fonte]

  • Interface para 'aceitar missão' se abre
  • Agora não
    • (Diálogo se encerra)
  • Aceitar missão
    • (Continua abaixo)
  • Maga Trinsada: Ah, mas que surpresa. Olha só quem é.
  • Jogador: O que está havendo? E esses soldados todos aí?
  • Ali, o sábio: Azzanadra está vindo atacar o Monólito. Saradomin formou uma aliança com os elfos e os druidas para defendê-lo.
  • Maga Trinsada: Sei lá quem nos dedurou.
  • Jogador: Foi mal, eu não fui. Mas vou chutar: você está espionando eles?
  • Ali, o sábio: Claro que não. Toda esta área tem significativa importância arqueológica. Estou fazendo sondagem dela.
  • Jogador: Para quê?
  • Ali, o sábio: Estou auxiliando Reiniger com uma escavação das ruínas ao norte.
  • Ali, o sábio: Ela acha que poderia haver uma entrada para uma área intacta de Senntisten.
  • Maga Trinsada: É bom vê-la sinceramente interessada em sua própria história.
  • Jogador: Então qual é o seu trabalho aqui?
  • Maga Trinsada: O mesmo de sempre, Guardião(ã) do Mundo. Sabíamos que você ia aparecer em algum momento.
  • Maga Trinsada: Precisava haver alguém para distrair você caso chegasse cedo demais.
  • Maga Trinsada: Mas parece que hoje não. Aqui está você. Bem na hora.
  • (Continua abaixo)

Primeira batalha[editar | editar código-fonte]

Sequência de cenas[editar | editar código-fonte]

  • Na época, nenhum de nós percebeu o significado do que estava prestes a acontecer.
  • Os seguidores de Zaros vieram primeiro, deslocando-se para tomar o monólito para o senhor sombrio.
  • Meus companheiros anciões, despertos de suas tumbas, comandaram cavaleiros traidores para começar o ataque.
  • Mas o pior ainda estava por vir.
  • (Continua abaixo)

Primeira batalha[editar | editar código-fonte]

Introdução[editar | editar código-fonte]

  • Seren: [Nome do Jogador], preciso contar com você para comandar nossas forças. Coloquei Helwyr, Thaerisk e Comandante Zilyana sob o seu competente comando.
  • Seren: Para movê-los para uma posição, basta clicar neles e, em seguida, clicar aonde deseja que eles vão.
  • Seren: É possível trocar o foco do ataque deles selecionando "configurações de alvo" e escolhendo uma das novas opções apresentadas.
  • Seren: Uma vez posicionados, eles usarão suas habilidades para destruir as forças de Zaros.
  • Câmera foca no caminho ao sul do monólito.
  • Seren: Você precisa assegurar que eles não destruam as nossas defesas e alcancem o monólito.
  • Seren: Se todas as defesas forem derrubadas, estamos perdidos. Boa sorte, Guardião(ã) do Mundo.

Interrompendo a introdução[editar | editar código-fonte]

Falando com Ali, o sábio[editar | editar código-fonte]

  • Selecione uma opção
    • (Apenas antes de completar a batalha uma vez:)
    • (Apenas depois de completar a batalha uma vez:)
    • Falar com ele.
      • Ali, o sábio: Minha nossa.
      • Jogador: Parece que Zaros quer mesmo esse Monólito.
      • Ali, o sábio: Só espero que eles continuem razoáveis. Estamos tão próximos de Varrock...
      • Jogador: Você não vai participar? Onde você fica no meio disso tudo?
      • Ali, o sábio: Bem aqui, como me foi ordenado. Se Azzanadra quiser a minha força, terá que pedir.
      • Ali, o sábio: Com educação.
      • Ali, o sábio: Por agora, vou continuar observando. Mas não vou me ressentir se você participar da batalha.
      • Ali, o sábio: Cuide-se, Gurdião(ã) do Mundo.

Saradomin e Nex em frente a Árvore do Equilíbrio[editar | editar código-fonte]

  • SaradominRenda-se, Nex. Você não pode vencer.
  • SaradominPreferiria não destruir uma criatura tão única como você.
  • SaradominMas preciso proteger as pessoas deste mundo.
  • SaradominE se sua morte for o preço desse objetivo.
  • SaradominEu o pagarei de bom grado.
  • NexHa! Você está fraco, Saradomin! Debilitado.
  • NexMeu senhor tomou sua coroa como se você não fosse nada.
  • NexAssim como tomou seus seguidores!
  • Oito Cavaleiros do Templo se teleportam para a cena, cercando Saradomin.
  • NexPeça piedade, seu deus falso.
  • NexSua hora neste mundo acabou!
  • SaradominDificilmente.
  • Saradomin mata dos Cavaleiros do Templo com raios.
  • SaradominAgora somos só eu e você, Nex.
  • NexEntão venha me enfrentar!
  • Nex sai voando.
  • SaradominVocê não pode fugir de mim, abominação!
  • SaradominNão recue!
  • SaradominNex é minha!
  • Saradomin se teleporta.

Segunda batalha[editar | editar código-fonte]

Falando com Ali, o sábio[editar | editar código-fonte]

  • Ali, o sábio: É bom ver você, apesar das circunstâncias.
  • Jogador: Como vai?
  • Ali, o sábio: Tenho estado bem. Meus irmãos, porém, não tem tido tanta sorte.
  • Ali, o sábio: Mesmo sem a Coroa, Saradomin é um adversário e tanto para Azzanadra e Nex. O resto das forças deles parece ter subestimado o fervor da sua.
  • Ali, o sábio: Quem teria imaginado isso?.
  • Ali, o sábio: ...
  • Jogador: O que foi?
  • Ali, o sábio: Talvez tenha falado cedo demais.
  • A tela se volta para Zaros intervindo no campo de batalha
  • Zaros: Já basta.
  • Zaros lança uma rajada de poder, e a batalha é interrompida.
  • Zaros: Mais uma vez, vejo-me na necessidade de intervir.
  • Azzanadra: Meu Senhor...
  • Zaros: Fique em silêncio.
  • Seren se teleporta para a cena, bloqueando a passagem de Zaros para o Monólito
  • Zaros: Seren.
  • Seren: O que quer que esteja planejando, irmão, tem que terminar aqui.
  • Zaros: Estou aqui por causa do Códex.
  • Seren: A sua ganância não tem limites? O âmago da nossa mãe - a Coroa - e agora o Códex? Isso vai bastar? Isso vai finalmente satisfazer a sua busca por poder?
  • Zaros: Minha missão não é da sua conta. Volte para o seu jardim. Você sabe tão bem quanto eu o que Bik vai pensar disso.
  • Zaros: Pelo menos eu não vou estar aqui para ver você se arrepender disso.
  • Seren: ...
  • Seren: Você está partindo? De novo?
  • Seren: Quando você poderia fazer diferença, você vira as costas. Você corre.
  • Seren: Você poderia ficar e nos ajudar. Nós poderíamos trabalhar juntos para salvar nossa família, para salvar este mundo!
  • Zaros: Este mundo está perdido.
  • Zaros: E elas nunca foram nossa família.
  • Seren: Nós devemos nossa existência a elas.
  • Zaros: Não devo nada a ninguém. Eu esperava que você entendesse isso.
  • Zaros: Saia da minha frente.
  • Seren: Você não pode me comandar como se fosse os seus servos.
  • Seren: Você se esqueceu de que somos gemêos? Tenho o poder para deter você.
  • Zaros: Então você está pronta para matar um dos seus?
  • Seren: As coisas não precisam terminar assim!
  • Zaros: Você sabe que é a única forma de me deter.
  • Zaros: Mate-me ou retire-se.
  • Seren: Irmão... Não faça isso...
  • Seren: ...
  • Seren se teleporta para fora da cena
  • Zaros: Finalmente.
  • Azzanadra: Meu Senhor? O Códex é seu, mas... perdoe a minha intromissão. O que ela quis dizer? Você está partindo?
  • Zaros: Estou.
  • Zaros: Este artefato - O Códex, que vocês chamam de Monólito - não foi construído para ser um repositório de informações.
  • Zaros: Há rachaduras na superfície da nossa realidade. Uma aqui e outra além de Freneskae. Fissuras sombrias.
  • Zaros: O Códex foi feito para fechar esta aqui, para proteger Guilenor das energias entrópicas que surgem.
  • Zaros: Do outro lado da fissura se encontra outra realidade. Uma realidade muito diferente.
  • Azzanadra: ... Erebus.
  • Zaros: Sim. Meu destino.
  • Zaros: O que eu busco não pode ser encontrado neste universo, então eu saio em busca de outro.
  • Zaros: Tenho os aparatos de que preciso - o material para me proteger, uma ferramenta para me guiar naquele lugar e uma oferenda para aqueles que o dominam.
  • Zaros: Tudo o que resta é usar os conhecimentos que recolhi para abrir o caminho.
  • Azzanadra: Deixe-me ir com você.
  • Zaros: Não. Isso mataria você.
  • Azzanadra: Então vou preparar o mundo para o seu retorno, meu Senhor.
  • Zaros: Como quiser.

Sequência de cenas[editar | editar código-fonte]

  • Finalmente seus planos tinham se tornado realidade.
  • O monólito encontrava-se indefeso.
  • Com sua vontade implacável, ele o forçou até abrir, revelando a verdade em seu coração - um rasgão no tecido da nossa realidade.
  • Então ele partiu deste mundo, sem prestar atenção na devastação que deixaria para trás.
  • Daquele mesmo portão vieram seres de pura escuridão e, com eles, uma corrente de energia sombria.
  • Sem supervisão, ele asfixiaria nosso mundo.
  • Mas o pior ainda estava por vir.

Criaturas de Erebus aparecendo de dentro do Monólito[editar | editar código-fonte]

  • Jogador: O que são essas coisas?!
  • Saradomin: Contenha-as!
  • Azzanadra: Destrua-as para que possamos fechar o portal!
  • Saradomin: Foram suas ações que fizeram isto! Como ousa...
  • Azzanadra: Seja realista. Você claramente precisa da nossa ajuda.
  • Saradomin: Já vencemos batalhas mais difíceis.
  • Azzanadra: Não deixe que o seu orgulho condene o seu povo.
  • Saradomin: ...
  • Saradomin: Muito bem. Uma trégua - por agora.
A tela se volta para Saradomin
  • Saradomin: Resta pouco tempo, Guardião(ã) do Mundo. Coisas sombrias escaparam para este mundo. Azzanadra e eu vamos lidar com o que pudermos.
  • Saradomin: Deixo o comando das nossas forças nas suas mãos. Você não pode deixar essas criaturas passarem por nossas defesas.
Câmera foca na barricada sul
  • Saradomin: Você precisa defender a barricada sul como antes.
Câmera volta para Saradomin
  • Saradomin: Ainda temos Helwyr, Thaerisk e minha confiável Comandante Zilyana para lutar ao seu lado.
Câmera foca na barricada norte
  • Saradomin: Porém, você também precisa manter a barricada norte protegida. Felizmente, temos o poder de Nex do nosso lado desta vez.
  • Saradomin: Boa sorte, Guardião(ã) do Mundo. Estamos todos contando com você.
  • Saradomin se teleporta

Falando com Ali, o sábio ou Maga Trinsada[editar | editar código-fonte]

  • Selecione uma opção
  • (Apenas antes de completar a batalha uma vez:)
    • Começar a segunda batalha.
      • (O mesmo que acima)
  • (Apenas depois de completar a batalha uma vez:)
    • Jogar a segunda batalha novamente.
      • (O mesmo que acima)
    • Falar com ele.
      • Ali, o sábio: Então ele se foi mesmo.
        • Selecione uma opção
          • O que são essas coisas?
            • Maga Trinsada: Parecem criaturas das sombras. Do mesmo tipo das que costumavam vir me incomodar na Caixa-forte.
            • Maga Trinsada: É melhor você fechar esse portal rápido, antes que mais o atravessem.
            • Jogador: Você não consegue fazer isso?
            • Maga Trinsada: Acho que é melhor eu não me aproximar mais. Passei milênios sobrevivendo nas sombras, mas nunca senti nada assim.
            • Maga Trinsada: É algo... frio. Morto. E posso sentir que está tentando me puxar para dentro, mesmo daqui.
            • Maga Trinsada: Me desculpe, [Jogador]. Não quero ficar presa de novo.
          • Você acha que ele vai voltar?
            • Ali, o sábio: Sabe-se lá. Ele sobrevivei a pelo menos uma morte aparente. Será que Erebus é pior que isso? Não sei.
            • Ali, o sábio: Quanto a quando ele deve retornar... Eu não sei. Talvez amanhã, talvez após o fim de ambas as nossas vidas.
            • Ali, o sábio: Azzanadra deve saber mais do que eu. Veja o que ele tem a dizer quando tudo isto acabar.
          • Tchau.
            • (Diálogo se encerra)

Terceira batalha[editar | editar código-fonte]

Falando com Ali, o Sábio ou Maga Trinsada[editar | editar código-fonte]

  • [Ali, o Sábio/Maga Trinsada]: Guardião(ã) do Mundo, não vou fazer rodeios. Estamos encrencados. Há criaturas demais. Não podemos forçar passagem por elas para fechar o portal, e há mais delas além dele. Maiores e mais famintas. Posso senti-las. Estamos sofrendo baixas, e isso é mais estranho do que parece. Alguns estão tombando, meio sem vida, mas sem nenhum arranhão. A simples proximidade do portal parece ser prejudicial. Aqueles entre nós com constituição mais forte estão resistindo por enquanto, mas não sei quanto tempo isso vai durar.
  • Jogador: Então precisamos de reforços?
  • [Ali, o Sábio/Maga Trinsada]: Sim. E eu aceito sugestões.
  • Selecione uma opção
    • Os aviansie?
      • [Ali, o Sábio/Maga Trinsada]: Eles podem ser fortes, mas restam tão poucos em Guilenor. Creio que Armadyl esteja longe, em Tarddiad. Não temos tempo para fazer um apelo.
      • (Mostra opções iniciais)
    • Os zamorakianos?
      • [Ali, o Sábio/Maga Trinsada]: Absolutamente não. Eles têm motivos para se virar contra todos nós e até agora não ofereceram nada. Não podemos confiar neles.
      • (Mostra opções iniciais)
    • Os TokHaar?
      • [Ali, o Sábio/Maga Trinsada]: Eu... não tinha pensado neles.
      • Jogador: Ful os criou para construir Guilenor. São guerreiros poderosos. Eles até lutam entre si por diversão no Forno da Luta. Eles iriam querer proteger o seu trabalho, imagino.
      • Maga Trinsada: Um conhecido como TokHaar-Hok falou por eles na Cidade de TzHaar, se não me engano.
      • Ali, o Sábio: Você poderia convencê-los a se juntar a nós, [Jogador]?
      • Jogador: Posso tentar.
      • [Ali, o Sábio/Maga Trinsada]: Então vá. Tenha pressa.
    • Tchau.
      • (Diálogo se encerra)

Falando com Ali, o sábio ou Maga Trinsada novamente[editar | editar código-fonte]

  • [Ali, o sábio/Maga Trinsada]: Você pediu para os TokHaar se juntarem a nós?
  • Jogador: Ainda não.
  • Ali, o sábio: Então vá. Eles podem ser encontrados em Karamja, na Cidade de TzHaar. Creio que o Forno da Luta seja um bom lugar para procurar. E por favor, se apresse.

Entrando no Forno da Luta[editar | editar código-fonte]

  • Escolha uma opção:
    • A Batalha do Monólito.
    • Entrar no Forno da Luta.
      • (Diálogo irrelevante.)
    • Entrar nos túneis.
      • (Diálogo irrelevante.)

Falando com TokHaar-Hok[editar | editar código-fonte]

  • A tela se escurece por um momento. O jogador entra no Forno da Luta e anda até TokHaar-Hok.
  • TokHaar-Hok: Humano(a). Você veio testar sua força?
  • Jogador: Hoje não. Preciso da sua ajuda.
  • TokHaar-Hok: ...
  • TokHaar-Hok: Você cheira a anátema. Podemos sentir. O que você fez?
  • Jogador: Não fiz nada! Criaturas do Reino das Sombras estão invadindo a superfície.
  • TokHaar-Hok: Do Reino das Sombras?
  • Jogador: Sim. Elas estão vindo através de um portal, e nós não conseguimos rechaçá-las. Sua ajuda seria muito importante.
  • TokHaar-Hok: ...
  • Jogador: ...
  • TokHaar-Hok: ...
  • Jogador: E então?
  • TokHaar-Hok: Estamos procurando.
  • Jogador: O quê?
  • TokHaar-Hok: O protocolo correto. As mestras terão nos dito o que fazer...
  • TokHaar-Hok: ...
  • Jogador: TokHaar-Hok?
  • Jogador: Preciso voltar para o Monólito. Eles precisam da minha ajuda.

Falando com TokHaar-Hok novamente[editar | editar código-fonte]

  • Jogador: Algum progresso?
  • TokHaar-Hok: ...
  • Jogador: A resposta é não. Preciso voltar para o Monólito. Eles precisam da minha ajuda.

Voltando ao Monólito e falando com Ali, o sábio[editar | editar código-fonte]

Sequência de cenas[editar | editar código-fonte]

  • O invasores do além mostraram-se fortes demais para os bravos aliados.
  • Mas a esperança não morreu - Guilenor ainda tinha defensores.
  • Os TokHaar, as mãos que criaram este mundo, os servos das Deusas Anciãs, ficaram do nosso lado.
  • Mas o pior ainda estava por vir.
  • (Continua abaixo)

Os crepitantes sombrios atravessam as defesas[editar | editar código-fonte]

  • Saradomin: Os crepitantes sombrios passaram por nossas defesas.
  • Câmera aponta para uma fazenda onde pessoas feridas estão.
  • Saradomin: Você precisa proteger os indefesos, os aldeões e os nossos feridos.
  • Câmera mostra os portões leste de Varrock.
  • Saradomin: Eles também buscam atacar os portões principais de Varrock. Felizmente, temos novos aliados: os TokHaar. Use bem estas novas forças para protege o nosso povo. Estamos todos contando com você, [Jogador].

Falando com Ali, o sábio[editar | editar código-fonte]

  • Selecione uma opção
  • (Apenas antes de completar a batalha uma vez:)
    • Começar a terceira batalha.
      • (O mesmo que acima)
  • (Apenas depois de completar a batalha uma vez:)
    • Jogar a terceira batalha novamente.
      • (O mesmo que acima)
    • Falar com ele.
      • Ali, o sábio: Você não estava errada sobre os TokHaar. Criaturas formidáveis. Com eles aqui, devemos poder limpar esta bagunça em breve, antes que muito mais gente sucumba.


Minijogo[editar | editar código-fonte]

Movendo uma unidade[editar | editar código-fonte]

  • [Unidade]: Onde você quer que eu fique?
  • Clique para mover [Unidade].
  • (Depois de selecionar uma localização válida:)
    • Jogador: [Unidade], vá para lá!
    • A unidade se move para a localização selecionada.
  • (Depois de selecionar uma localização inválida:)
    • [Unidade]: Não posso me mover para lá.

Ataques especiais[editar | editar código-fonte]

Helwyr[editar | editar código-fonte]

Ataque de um único alvo[editar | editar código-fonte]
  • Helwyr: Você. Certamente. SANGRARÁ!
Ataque em área[editar | editar código-fonte]
  • Helwyr: Sinta a fúria da natureza!

Comandante Zilyana[editar | editar código-fonte]

  • Comandante Zilyana: Sinta a fúria de Saradomin!

Nex[editar | editar código-fonte]

  • Nex: Sinta a fúria dos elementos!

Dano às barricadas[editar | editar código-fonte]

50% de pontos vitais[editar | editar código-fonte]

  • A barricada [sul/norte] está com metade dos pontos vitais e precisa de mais apoio!

25% de pontos vitais[editar | editar código-fonte]

  • A barricada [sul/norte] está com 25% dos pontos vitais e precisa de mais apoio!

Próximo a 0% de pontos vitais[editar | editar código-fonte]

  • A barricada [sul/norte] está prestes a sucumbir e precisa de mais apoio! Se isso acontecer, está tudo acabado!

Barricada chega a 0 pontos vitais[editar | editar código-fonte]

  • (Apenas durante a primeira batalha:)
  • Com a derrota das suas defesas, a batalha é perdida. Todas as defesas precisam estar de pé para concluir a batalha.

Completando a batalha[editar | editar código-fonte]

Sem bônus de aumento de EXP ativo[editar | editar código-fonte]

  • Por concluir a batalha, você recebe um aumento de EXP.

Com o bônus de aumento de EXP ativo[editar | editar código-fonte]

  • Por concluir a batalha, seu aumento de EXP foi ampliado.

Faltando 15 segundos para o bônus de aumento de EXP acabar[editar | editar código-fonte]

  • Os efeitos do aumento de EXP "Batalha do Monólito" estão prestes a passar.

Bônus de aumento de EXP se esgota[editar | editar código-fonte]

  • Os efeitos do aumento de EXP "Batalha do Monólito" passaram.