Transcrição de O Livro de Seren

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa

Primeira Era:[editar | editar código-fonte]

A Canção da Criação conta como Seren chegou até nosso plano. Ela era a personificação viva de nosso mundo de cristal - beleza e graça, tranquilidade e harmonia. Ela nos ensinou muitas coisas: como a moldar o cristal com nossas vozes; como nos integrar com o mundo a nossa volta; extrair somente o necessário e dar em troca o máximo que pudéssemos. Nosso amor por ela era forte, e esse amor era reciprocado com uma força cem vezes maior.

A aurora de nossa raça foi um período atemporal, de tão envolvidos que estávamos com nosso lar e nossa deusa, mas tudo mudou quando o deus verde - Guthix - visitou nosso mundo. Ele nos convidou a nos juntarmos a ele numa viagem a um mundo perfeito. A história conta que meu povo raramente acreditava em suas declarações, mas Seren estava ansiosa por explorar o universo em que vivia e estava tão apaixonada por ele quanto por nós.

Quaisquer preocupações da parte de meus ancestrais foram instantaneamente esquecidas quando viram Guilenor pela primeira vez, já que Guthix havia dito a verdade. Enquanto nosso mundo brilhava como a luz de um milhão de estrelas, a beleza deste encontrava-se em sua exuberante flora e sua vida abundante.

Nossa deusa deu uma parte de si a cada um dos clãs élficos e nos instruiu a criar uma cidade para coexistir com a floresta ao redor - uma lembrança de nossas origens e um lar para os elfos. A curiosidade de Seren frequentemente a levava a sair com Guthix para explorar os segredos da floresta juntos, mas ela sempre voltava para junto de nós, a quem amava mais do que tudo. Então quando Guthix decidiu acabar com a influência dos deuses sobre os raças mortais e convidou Seren a se juntar a ele, o coração dela ficou dividido. Mas seu amor por nós era forte e ela escolheu ficar, prometendo ao deus verde que se juntaria a ele no futuro.

Segunda Era:[editar | editar código-fonte]

Mas até os melhores planos podem não dar certo. Quaisquer que fossem as intenções de minha deusa, elas foram postas de lado quando um mar de vazio tomou conta do mundo e se espalhou pelas terras como uma praga - liderado por alguém que não se importava em viver em harmonia com o mundo como nós e que buscava controlar a tudo e ajustá-lo a suas vontades. Perdemos até o Portal dos Mundos para sua fome insaciável e não podíamos mais viajar para nosso antigo mundo de cristal.

Seren enviou nossos mensageiros e escoteiros de volta às florestas, embora tivéssemos perdido muitos deles para o vazio que invadia nossa fronteira oriental. Outros optaram por não seguir as palavras de Seren e, em vez disso, escolheram reagir. Mas a própria Seren havia prometido ao deus verde não se envolver com o mundo lá fora, mas permanecer na floresta que era nosso lar. Alguns dos clãs élficos não estavam satisfeitas em simplesmente ficar em casa enquanto suas famílias e amigos estavam morrendo no leste, Ainda que amássemos a floresta e nossa deusa do cristal, nossa sociedade estava dividida.

Aqueles que permaneceram na floresta receberam a proteção da luz de Seren e a escuridão não nos alcançou. Ficamos de luto pelos que haviam partido para lutar, mas no final das contas perdemos a noção do tempo e do mundo lá fora, assim coma havia acontecido em nosso plano natal. Tínhamos nossa floresta e nossa deusa - do que mais precisávamos? Um por vez, fomos todos esquecidos pelo mundo.

Terceira Era:[editar | editar código-fonte]

Estávamos tão isolados do mundo que nem percebemos que a vazio tinha passado e que havia sido substituído por algo pior. Uma nova força terrível estava avançando sobre este mundo, transformando tudo em caos, chamas, guerra e corrupção; mas nossa senhora nos manteve protegidos. A guerra ameaçava invadir nosso território, mas não conseguia.

Nossa grande rei - Baxtorian - tomou conta da passagem secreta que nosso povo usava pra viajar para o leste. O que nossa senhora tinha de força, tinha de pureza, e sua determinação nos manteve escondidos em segurança.

Mas guerras se agravam e, depois de anos de lutas, aquela que antes era a terra dos sonhos, agora estava completamente destruída, O deus verde despertou de seu sono para expulsar aqueles que acabaram com aquele lugar tão perfeito e escravizaram suas crianças. Finalmente, depois de extintas as influências dos deuses, ele visitou nossa deusa na floresta. Ainda que ela houvesse escolhido permanecer conosco e não nos envolver nessa terrível guerra, Guthix estava tão determinado a eliminar as influências divinas de nosso mundo, que não deu a ela outra opção: ela tinha que ir embora.

Ainda assim, com tristeza vergonha em seu coração, ela não nos abandonaria por completo. Em vez disso, ela preferiu esvanecer-se numa explosão de luz e cristal, espalhando seus restos por toda a floresta. O deus verde deixou escorrer uma lágrima - acreditando que era o fim de nossa senhora - e foi embora.

Após as Guerras dos Deuses:[editar | editar código-fonte]

Nosso povo lamentou a perda de nossa deusa em sua forma original, e aqueles que haviam partido para o leste para lutar iniciaram uma peregrinação de volta à floresta. Mas assim como a cidade que havia se originado quando chegamos, sabíamos que ela continuaria viva em cada fragmento que se espalhara por todo o mundo. Seu canto ainda podia ser ouvido na Torre das Vozes. Não a havíamos perdido completamente e mesmo hoje todos os elfos carregam um pedaço de Seren consigo, seja em seus corações ou em suas mãos. Ela continua a ser moldada por nós e nossas ações.

Baxtorian e sua rainha - Lady Glarial - nos apoiaram durante nosso sofrimento e trabalharam muito pela reconstrução de nossa sociedade. Depois de muitos anos isolados na floresta e com a fim do caos e da escuridão no mundo, nosso povo se dirigiu ao leste novamente para saudar tanto novos quanto velhos amigos. Mas com o passar do tempo, e sem a orientação de Seren, criou-se uma enorme divisão entre as antigos clãs élficos e perdemos nossa incrível cidade de cristal.

Com a morte de Guthix, existe a crença de que se todos os cristais forem reunidos novamente, nossa deusa poderia retornar ou poderíamos recuperar nossa cidade perdida. Alguns de nós querem encontrar o Portal dos Mundos e retornar para nosso lar ancestral na esperança de que Seren tenha ressuscitado - ou possa ser ressuscitada - nos cristais. Porém, outros desejam honrar o último feito de nossa deusa e não querem que isso aconteça. Foi graças ao seu sacrifício que ela nunca nos deixou, e é nossa responsabilidade espalhar harmonia e tranquilidade por todo mundo.