Transcrição de O Livro dos Descrentes

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa

Capítulo 1[editar | editar código-fonte]

Prezada Kara-Meir,

Reparei as machas de sangue em sua última carta. É sempre divertido jogar esse jogo, pois me dá a oportunidade de abrir minhas poções de fonte de sangue (elas não tem muita utilidade na sonolenta Taverley). Essa poção já não é mais a mesma, mas eu arriscaria o palpite de que o sangue é humano, de Ardonha Ocidental. Estou certo? Acredito que o placar esteja 3 a 2 pra mim.

De qualquer forma, Kara, trago notícias, sobre as quais você já deve ter ouvi alguma coisa.

Guthix está morto e os outros druidas estão espalhando a notícia pelas cidades. Eu não estou com eles, já que estou deixando a ordem. Não será surpresa para você; venho pensando em sair há um bom tempo. Muita falsidade: por que Guthix iria querer que vivêssemos como iguais se ele estava acima de nós de todas as formas concebíveis - em sabedoria, moral e poder? Eu sempre desconfiei dele por isso.

Mas Guthix nunca quis que eu - nós - o adorássemos. Ele queria abandonar a ideia de adoração completamente para que pudesse se aposentar e deixar o mundo para os mortais. Quando Kaqemeex me disse isso, tudo ficou mais claro. Tudo o que eu pensava até então estava errado.

Então deixei os druidas, Kara. Meu novo endereço se encontra anexo. Quando você terminar sua turnê sangrenta de Kandarin, você vem me ver? Tenho uma proposta e gostaria de saber se você gostaria de participar.

Fique em segurança,

- Biehn

Capítulo 2[editar | editar código-fonte]

Biehn,

Sim, você acertou - ela era de Ardonha Ocidental. Mas não acho que isso lhe dê a vitória, já que suas informações foram um pouco vagas. Ela era uma espiã zamorakiana de meia-idade e tinha um braço faltando quando morreu.

Claro, eu tinha ouvido falar de Guthix - difícil não ouvir falar dele. Os monges zamorakianos do oeste querem os créditos pela morte de Guthix, como se eles mesmos tivessem enterrado a faca pessoalmente. Obviamente, eles alegam que, com a morte de Guthix, o caos reina e o mundo pertence a Zamorak, etc.

Fico feliz de saber que você deixou os druidas. Eles iam te expulsar de qualquer forma por causa de suas magias de portal e poções de sangue. Imagino que você mantém sua reputação assim - independente de qual seja essa reputação. Velho, grosseiro e meio maluco?

Não conseguirei chegar em seu novo endereço - pelo menos não por algum tempo. Você se incomodaria de enviar sua proposta por carta? Deve ser seguro se você ameaçar um pouquinho o emissário. Uma boa ameaça sempre garante uma entrega rápida e sem violação de correspondência.

Esto criando uma comitiva - se é que uma pessoa conta. Você disse que eu devia viajar acompanhada, então estou com um demônio de nome Ux. Mas não se preocupe, ele não é um demônio convencional, com chifres e cheiro de enxofre.

Ele não faz mais parte do pacto dos demônios e pretende atacar Zaros e Zamorak. Achei que isso poderia lhe interessar.

- Kara-Meir

Capítulo 3[editar | editar código-fonte]

Prezada Kara- Meir,

Nossa! Um demônio? Sempre quis saber mais sobre as dimensões infernais e como Zaros os convenceu a assinar o pacto. Admirável o uso do amor dos demônios por contratos contra eles próprios.

Eu resolvi arriscar e escrevi minha proposta por carta.

Não acho muito sensato enviá-la dessa forma, mas o emissário tinha uma aparência honesta e - quando viu seu nome no envelope - sabia o que aconteceria se houvesse qualquer armação.

Então, a minha proposta. Me desculpe pela grandiloquência. É uma oportunidade fantástica de me sentir importante:

“Este mundo - Guilenor - é para os mortais. Não é para os deuses. Eles não conseguem conviver pacificamente entre si, que dirá conosco. Os deuses trazem guerra, são a guerra, Somente os mortais podem encontrar a paz, desde que compartilhem um interesse em comum, e esse interesse comum é a defesa contra os deuses".

Então pretendo reunir pessoas de opiniões similares. Quero reunir os que tem um pouco de dúvida quando rezam; que temem o retorno dos deuses; que questionam o direito de reinar dos deuses. Quero reuni-los e criar uma aliança, mudando a opinião das massas, formando uma resistência firme e silenciosa perante os deuses. Quero que os deuses enfrentem uma muralha de resistência - e quero que eles vão embora.

E quero a sua ajuda. O que você acha? Concorda? Eu estava pensando no nome "Os Antiteístas".

Fique em segurança,

-Biehn

Capítulo 4[editar | editar código-fonte]

Biehn,

Acho que esse é o pior nome que já ouvi na vida.

Simplesmente chame-os de "Os Descrentes". Simples e direto - suas intenções ficarão claras.

Chegarei a Misthalin em breve. Ouvi rumores de um portal em Lumbridge (foi você quem criou?) que causa dores de cabeça a Ux. Vou seguir as multidões, e Ux seguirá a dor de cabeça dele, provavelmente para descobrir a fonte - desde que não seja você. Enquanto ele investiga, deveríamos nos encontrar.

Sua ideia não tem muita convicção. Não vai soar convincente para meu público e eles não vão aceitá-la. Além do mais, por que tentar mudar as opiniões de pessoas se os próprios deuses são falíveis? Guthix morreu para que aprendêssemos que os deuses são vulneráveis. Tire vantagem disso.

Ainda assim, suas ideias são progressistas - pelo menos mais do que a maioria por aí. Você precisará de proteção; suas poções não são nada mais do que um desvio de atenção e você precisa de tempo para melhorar seus portais, então conte com minha lâmina. Não gostaria de lhe perder durante uma revolução!

- Kara-Meir