Corações Roubados

De RuneScape Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Corações Roubados (#10)
Corações Roubados.png
Inglês Stolen Hearts
Membros Jogadores gratuitos Não
Lançamento 26 de setembro de 2012
Dificuldade Principiante Principiante
Duração Média a Longa
Dublada Sim
Série Deserto
Era Quinta Era
Desenvolvedor(es)
Principais Stephen R

Corações Roubados é uma missão iniciante de acesso gratuito que introduz o ladrão Ozan, um herói de campanha, em sua aventura para rastrear uma gangue liderada por seu ex-amigo Khnum. Ozan solicita a ajuda do jogador, onde ambos descobrem algo ainda mais grave. Esta missão possui uma continuação direta, Diamante Bruto. É também a primeira missão da série do deserto, onde a deusa devoradora Amascut começa sua interferência na diplomacia entre Al-Kharid e Menaphos para se beneficiar.

Descrição Oficial

Ozan está na Vila Draynor, procurando um velho amigo que tem andado em más companhias. Juntos, você e Ozan se infiltrarão no submundo de Draynor, reencontrarão uma antiga paixão dele e se envolverão numa trama de sequestro de proporções principescas, que os levará de volta a Al-Kharid, o lar de onde nosso herói foi banido anos atrás.

Atravesse os telhados da recém-reformulada e gloriosa Al-Kharid para roubar o diamante dos diamantes e enfrentar vilões sequestradores. Você poderá descobrir, porém, que a intriga vai bem mais além do que você e Ozan suspeitavam...

Visão Geral

Um velho amigo

O local de Ozan.
Ozan cabeça.png

Comece a missão falando com Ozan, localizado em uma espécie de mini beco ao norte da Vila Draynor. Ozan diz que já ouviu falar de suas aventuras e pede sua ajuda para investigar o que possivelmente é o QG de uma gangue local conhecida como Os Caveiras. Ozan suspeita que seu ex-melhor amigo, Khnum, é o líder da gangue. Aceite a missão.

Ozan nasceu e cresceu em Al-Kharid, uma cidade desértica. Lá, ele era um ladrão inexperiente, mas ao longo do tempo foi desenvolvendo suas capacidades de furto, e se tornou amigo de Khnum. Khnum era um guarda respeitado do palácio do Emir, até que Ozan foi pego tentando invadir o palácio, o que resultou em seu banimento da cidade e consequentemente a perda de contato com seu velho amigo.

Anos depois, Khnum aparenta estar envolvido em uma gangue recém estabelecida em Draynor. Ozan começa a suspeitar de que ele, antes um guarda honrado e simpático, agora é o líder dos Caveiras e está se envolvendo em algo muito perigoso, tão perigoso que pode causar sua ruína.

Os Caveiras

A Sede dos Caveiras.

Ozan sugere que você aja como um ladrão para se infiltrar nos Caveiras. Após terminar o diálogo, você deve se dirigir a casa ao lado oeste, haverá um alçapão, clique nele e escolha a terceira opção de diálogo "Deixe-me entrar ou arranco seus olhos!". O Leão de Chácara que cuida da entrada deixará você entrar.

Agora você está na Sede dos Caveiras, Khnum estará atrás do balcão a leste, fale com ele. Ele diz que fará uma breve iniciação, você precisará passar em um teste, Khnum quer ver como você reage a diversas situações hipotéticas. Responda as perguntas hipotéticas.

Observe que não há respostas erradas neste teste, o que muda é sua personalidade como potencial ladrão perante Khnum, bem como um título como recompensa no final da missão.

Uma vez que você tenha terminado de dar as respostas, Khnum vai comentar sobre elas. Ele então vai te dar as boas-vindas a gangue. Como novo membro da gangue, você deve continuar seu trabalho de infiltrado - pergunte à Khnum sobre quais trabalhos eles estão planejando. Ele responderá que três de seus melhores homens estão cuidando de um sequestro, mas concluirá dizendo que não pode dar mais detalhes. Agora, como teste final para saber se você tem o que precisa para manter-se na gangue, Khnum vai te passar uma "prova prática" na qual você terá que encontrar a "verdadeira" sede dos Caveiras.

Perseguição cuidadosa

Saia da taverna dos Caveiras e fale com Ozan. Seu personagem vai contar em detalhes o que você teve que fazer. Agora, mencione para Ozan sobre o sequestro (quarta opção de diálogo), Ozan vai destacar sobre o fato de Khnum ter dito que está punindo seu antigo empregador. Os antigos empregadores de Khnum são o Emir Xá e Osman, do serviço de inteligência de Al-Kharid. Agora, pergunte como encontrar a sede, Ozan mencionará que Khnum vai para lá em breve, e então perguntará se você está pronto para segui-lo. Diga que sim.

Observe que Khnum vai parar de caminhar em alguns pontos para receber ouro, mantenha uma distância não tão perto mas também não tão longe. Perseguir Khnum é uma tarefa fácil, basta seguir os conselhos de Ozan - ele avisará quando você estiver perto demais (sendo então notado por Khnum) ou longe demais (perdendo Khnum de vista). Uma vez que tenha chegado ao ponto de destino, abra a porta da cadeia e entre - uma cena ocorrerá.

Na cena, haverá um longo discurso em que Khnum culpa Ozan por ter sido demitido da guarda do palácio - pouco tempo depois, uma mulher misteriosa aparecerá, suponhando que Ozan e o jogador fazem parte da gangue dos Caveiras. Ozan a reconhecerá como sendo Leela, uma espiã secreta e filha de Osman. Leela confiará em Ozan e no jogador, e dirá que é tarde demais, o alvo do sequestro que Ozan e o jogador estão investigando revela ser o Príncipe Ali, herdeiro do Emir Xá.

A interrogação

Khnum não vai a lugar algum.

No fim da cena, o jogador se torna encarregado de interrogar Khnum e tentar obter informações cruciais para seguir os sequestradores. Selecione a quarta opção de diálogo, prender Khnum e jogar a chave fora. Eventualmente, você chegará no ponto fraco de Khnum: A comida. Neste momento, Khnum vai ceder a pressão e dirá que sua gangue foi contratada como uma "terceirização" do sequestro, na qual seus homens dão apenas apoio. O planejamento do sequestro parte de Lady Keli. Khnum encerrará dizendo que Lady Keli supostamente deve estar ao sul da prisão, preparando um barco para levar o Príncipe.

Leela diz para você e Ozan ir até lá imediatamente. Se dirija diretamente ao sul até chegar na costa.

Refém valioso

Derrotando os mercenários possuídos.

Uma vez que tenha chegado a costa sul da Vila Draynor, outra cena ocorrerá, Lady Keli irá ameaçar matar o Príncipe caso o jogador se aproxime, neste momento Leela chegará. Ela então entrará em seu barco preparado, os membros dos Caveiras ficarão insatisfeitos com o acordo - Keli então os possuirá, para que ataque o jogador e Ozan.

Mate os mercenários dos Caveiras, um deles deve largar um bilhete de resgate, pegue-o. O bilhete diz o seguinte:

Siga o caminho do sol até entrar na boca do leão. O coração do emir pela vida do príncipe. O seu prazo é de dois dias a partir de hoje, até que o sol se ponha no deserto.

Fale com Ozan novamente, Leela pedirá que você e ele vão até o palácio com urgência, pois o espião chefe Osman precisa saber da situação. Leela recitará uma senha em que Osman confia. Agora, Ozan convidará você para ir até Al-Kharid.

Invadindo o palácio

Quando chegarem a Al-Kharid, vá até o palácio, tente entrar pela porta principal próxima a fonte de água. Um guarda impedirá a todo custo - não acreditando inclusive que Ozan é Ozan, de modo que será impossível entrar pela porta da frente. Ozan tem uma ideia ágil, e como de costume, envolve invadir o palácio novamente.

Vocês entrarão no palácio pelo telhado, para tal, Ozan sugere começar no armazém do artesão a nordeste. Se dirija até lá e suba as escadas, depois suba novamente. A partir daqui, segue-se um caminho linear pelos telhados da cidade:

  • Passe pela tábua e desça pelo toldo.
  • Entre na casa pela porta sul e saia pela porta oeste, passe pelo varal.
  • Suba a escada, atravesse as tábuas espaçadas e suba a escada novamente.
  • Pule do andaime a oeste e desça o tapete vermelho pendurado na parede sul.
  • Pendure-se na moldura logo na sua frente, clique no final do suporte de madeira para pular até o edifício logo ao sul.
  • Pule no toldo vermelho para ser jogado à outra estrutura de madeira ao sul. Clique nos tijolos visíveis.
  • Agora clique no mastro de bandeira. Ozan irá disparar um arpéu em direção ao palácio e irá prende-lo no mastro.

Atravesse pela corda, quando estiver do lado do palácio, tente subir os tijolos visíveis na sua frente - uma cena ocorrerá.


O Kharid-ib

Na cena, Osman, Hassan e o Emir Xá estão tendo uma conversa com o embaixador de Menaphos, Jabari. Uma negociação sobre o destino do trono de Al-Kharid está em andamento; Menaphos sugere colocar um dos seus no trono temporariamente no caso do Emir falecer - ou uma guerra pode ser iniciada, o Emir rejeita imediatamente a oferta e conclui afirmando assertivamente que o príncipe será encontrado.

Após o embaixador e Hassan deixarem o local, o Emir e Osman discutem a situação do sequestro. Osman acredita que é possível que os sequestradores peçam o Kharid-ib em troca do príncipe, novamente o Emir é decidido a rejeitar a proposta antes mesmo dela chegar. O Emir, porém, ainda diz que o príncipe deve ser resgatado a qualquer custo.

Ozan, optando por manter o príncipe como prioridade máxima, descobre que o bilhete de resgate fazia referência a um coração, que é na verdade o diamante Kharid-ib. Ele então sugere roubar o Kharid-ib. Suba os tijolos na sua frente para chegar ao telhado. Você vai observar algumas janelas ao sul, clique nela para arromba-la e entre na sala do tesouro. Termine o diálogo com Ozan e abra os baús ao lado, você deve encontrar um pergaminho - ao lê-lo verá uma história chamada "Um coração pesado".

Um coração pesado

A balança de Het.
Um exemplo de duas pesagens, com o ícone da mochila no canto esquerdo superior.

Este quebra-cabeças envolve uma balança de Het - o deus menor do panteão menaphita que representa saúde mental e física. A balança possui 9 pesos, 8 deles com o mesmo peso e 1 mais pesado. Você precisa remover o peso mais pesado usando as duas balanças representadas pelos braços direito e esquerdo de Het.

Você terá duas chances de encontrar o peso mais pesado, a balança pode fazer duas pesagens antes de ser reiniciada. Você pode reiniciar a balança clicando com o botão direito nela, mas não faça isso antes de aparecer o ícone da mochila no canto esquerdo para pegar o peso que acredita ser o mais pesado.

  • Arraste 3 pesos para as duas balanças, e clique na gema verde central no peito de Het.
    • Se uma das balanças estiver mais pesada que a outra, você saberá que um dos três pesos ali é o mais pesado - lembre-se que os outros 8 possuem o mesmo peso.
    • Se a balança descer de forma igual, significa que há um equilíbrio de peso, portanto o peso mais pesado é um dos 3 que você não colocou nas balanças.
  • Agora você reduziu de 9 para 3 o raio de busca pelo peso mais pesado. Arraste um peso que ainda não foi pesado na balança esquerda, outro na balança direita e o último deixe onde está (tente memorizar os símbolos substituídos).
    • Se uma balança descer mais do que a outra, o peso que você colocou é o mais pesado.
    • Se elas se manterem iguais novamente, o peso que você não colocou em nenhuma das duas pesagens é o mais pesado.
  • Uma vez que as duas pesagens tiverem sido feitas, o ícone da mochila aparecerá no canto esquerdo, arraste o peso que você acredita ser o mais pesado para lá - sua mochila vai recebe-lo.

Um coração morrendo

O Emir morre.

Haverá uma espécie de pilastra iluminada por raios azuis no centro, coloque o peso lá, se for o correto uma cena deve ser iniciada, mas caso Ozan informe que não é, tente novamente clicando na balança de Het.

O peso correto deverá iniciar um processo na qual Ozan e você receberão o diamante Kharid-ib, no entanto isso é interrompido pois um alarme é emitido e Osman abre as portas junto à seus guardas. Pegos no flagra, Ozan e você tentam explicar, mas Osman não acredita, até que você é perguntado sobre a senha que Leela te passou, não há como falhar aqui pois se você responder errado Ozan responderá corretamente. Uma vez que Osman toma conhecimento de que estão trabalhando com Leela, ele os leva até a sala do Emir.

Uma discussão é iniciada na qual Ozan insiste que deve-se usar o diamante Kharid-ib como descrito no bilhete de resgate para salvar o príncipe Ali. Eventualmente, o Emir não aguentará e falecerá, pois já estava muito adoecido - o que justifica o interesse de Menaphos em assumir o governo de Al-Kharid, de acordo com as leis do deserto. Sabendo dessa urgência e tentando evitar esta interferência, Osman suspende o banimento de Ozan e faz uma "repatriação" do ladrão mestre, bem como perdoa sua tentativa de roubo.

Parabéns! Missão concluída.

Recompensas

Corações Roubados recompensas.png
Músicas desbloqueadas

Conquistas

Requisito para completar

Corações Roubados é necessária diretamente para as seguintes missões/minimissões:

Histórico de Atualizações

O projeto do histórico de atualizações é um trabalho em andamento. Para mais informações clique aqui.
correção 7 de dezembro de 2020 (Atualização):
  • A trilha "Asas Aladas" não é mais desbloqueada incorretamente ao completar um Circuito de Agilidade durante Corações Roubados.